Cultura

FEM assina convênio para realização de eventos voltados para a cultura indígena e sociobiodiversidade

Recursos são oriundos do Fundo Estadual de Cultura

O Governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM), em parceria com a Organização dos Professores Indígenas do Acre (Opiacre) realiza, em novembro deste ano, o 1º Fórum de Cultura Indígena e a 1ª Feira da Sociobiodiversidade, que visam discutir políticas públicas para os povos indígenas e apresentar os principais produtos da sociobiodiversidade para a sociedade.

Amplamente discutido com representantes e lideranças indígenas do estado, o documento foi construído em parceria com a Opiacre e vai possibilitar a realização dos eventos com recursos oriundos do Fundo Estadual de Cultura do Acre. Após várias reuniões, a comissão formada pelo Conselho Estadual de Cultura finaliza o Termo de Cooperação, que será assinado nesta sexta-feira, 13.

Encontro com lideranças indígenas para a formalização da assinatura do convênio Foto: Assessoria

As atividades fazem parte das ações desenvolvidas pelo Departamento da Diversidade Socioambiental (DEDSA), órgão vinculado à FEM, executor e responsável pela coordenação e fomento das ações voltadas para a promoção da Política Estadual da Diversidade Socioambiental.

Segundo Rosângela Benjamin, chefe do DEDSA, o objetivo da feira é “apoiar a apresentação dos principais produtos da sociobiodiversidade, que são os serviços ambientais incentivados pelo Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais (SISA), instituído por lei. “Em relação aos povos indígenas, estes produtos vão desde o artesanato até a própria cultura, a medicina e outros saberes tradicionais, como as músicas e seus rituais”.

Para Eldo Carlos, representante da Opiacre, a realização do fórum vai possibilitar a expansão da cultura indígena para o estado. “Nós temos muito a discutir sobre os povos indígenas: nossas artes, nossa medicina, nossos conhecimentos tradicionais e costumes. O Acre é representativo dessa diversidade cultural, então agradecemos ao Governo do Estado, especialmente à FEM, pelo apoio e pela parceria”, disse.

O que é o SISA

O Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais (SISA) foi criado pela Lei Estadual nº 2.308/2010 e reúne um conjunto de estratégias e instrumentos que beneficiam quem produz com sustentabilidade e conserva o meio ambiente.

As ações do sistema incentivam a manutenção e a ampliação da oferta de produtos e serviços ambientais no Acre como estratégia para enfrentar dois desafios impostos pelas mudanças climáticas ocorridas no planeta: a redução de impactos provocados pelas alterações no clima, como o aquecimento global; e a adaptação a essas mudanças.