https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2008/06/fotos_noticias_junho_08_imagem_010.jpg?resize=570%2C377&ssl=1
Cultura

Festa marca a premiação dos artistas do 3° Salão Hélio Melo

Da Redação
27.06.2008 23:00
Atualizado 27.06.2008 às 23:00

Os três primeiros colocados nas categorias pintura, gravura, desenho, fotografia, escultura e objeto foram premiados

imagem_010.jpg

O evento reuniu representantes das diversas áreas artísticas (Foto: Val Fernandes/FEM)
imagem_025.jpg

Daniel Zen diz que a qualidade dos trabalhos inscritos e a participação dos artistas acreanos foram muito boas (Foto: Val Fernandes/Secom)

O lançamento do catálogo que reúne as obras premiadas e a lista dos artistas participantes marcou a solenidade de premiação do 3° Salão Hélio Melo de Artes Plásticas realizado na noite de sexta-feira, 27, na Galeria Juvenal Antunes. Em um evento que reuniu representantes das diversas formas de manifestações artísticas a Associação dos Artistas Plásticos do Acre e a Fundação de Cultura Elias Mansour premiaram os trabalhos dos vencedores nas categorias pintura, gravura, desenho, fotografia, escultura e objeto.

A terceira edição do Salão Hélio Melo recebeu número recorde de inscrições. Foram inscritos 300 trabalhos de 140 artistas de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Vila Campinas, Feijó, Tarauacá, Porto Acre, Sena Madureira e Xapuri. Deste total 136 obras foram selecionadas, e os três primeiros colocados em cada categoria receberam a premiação. Os prêmios são nos valores de R$ 750,00, R$ 350,00 e R$ 250 para os primeiros colocados nas categorias de desenho, pintura e escultura; R$ 450,00 para os melhores das categorias de objeto, gravura e fotografia artística; R$ 100,00 para três premiações de Menção Honrosa; e mais kit de materiais para o prêmio revelação.

Na categoria desenho os vencedores foram Clementino Almeida, com a obra Divina Selva Amazônica, Delson Alves que apresentou o Lápis Grafite e o Jardim Exótico de Maria Nobre da Cunha. Já na categoria pintura a noite foi de glória para os artistas Ismael Martins, Deisi Mary Ferreira e Jean Carlos Felício. As esculturas de Luiz Carlos Gomes, Alex de Oliveira Silva e André Luis da Silva, que representaram a Mãe Natureza, Terra Mãe e A História de um povo, respectivamente, também foram premiadas.

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), Daniel Zen, a qualidade dos trabalhos inscritos e a participação dos artistas acreanos foram muito boas. “O Salão vem se consolidando como uma grande oportunidade dos artistas plásticos divulgarem e consolidarem os seus trabalhos. E a premiação embora simbólica, é um incentivo para os artistas continuarem a produzir."

Na categoria fotografia os vencedores foram Heder Carlos Pinto, Luiz Fernando dos Santos e Danilo Batista de Sá. O Prêmio Revelação foi destinado às categorias pintura, para a artista Agailda Rodas Sales, e escultura para Wagner Santos Soares. Adão Segundo, Odair Leal e Selene Bério receberam a Menção Honrosa.

Para o presidente da Associação dos Artistas Plásticos do Acre, Glicério Gomes, a meta a partir de agora é garantir a participação de mais artistas do interior do Estado. "A nossa intenção é interiorizar o concurso, para continuar atraindo e despertando novos talentos."

Mais notícias