https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/07/IMG_2700.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson anuncia compra de R$ 72 milhões em medicamentos e insumos hospitalares

Wesley Moraes
31.07.2019 20:06
Atualizado 31.07.2019 às 20:07

Abastecimento por completo de toda a rede hospitalar estadual é mais um compromisso da nova gestão em revolucionar a saúde acreana

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, anunciou na tarde desta quarta-feira, 31, a aquisição de R$ 72 milhões em medicamentos e insumos hospitalares para o abastecimento de toda a rede estadual de Saúde.

Nesta semana, uma compra no valor de R$ 3 milhões já foi realizada pelo governo e nos próximos dias, mais outra licitação de R$ 4 milhões será efetuada para assegurar o estoque de medicamentos e materiais utilizados nas unidades hospitalares.

A compra é mais uma prova do compromisso desta gestão em revolucionar a Saúde e garantir acesso digno e de qualidade para a população que utiliza a rede pública.

Governador Gladson Cameli durante anúncio de compra de R$ 72 milhões em medicamentos e insumos para a rede hospitalar Foto: Diego Gurgel/Secom

Mudanças significativas já estão sentidas na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), como a retomada de cirurgias e outros procedimentos que não eram realizados desde o ano passado. E no próximo dia 6 de agosto, após uma década em obra, Gladson Cameli finalmente entregará o novo Pronto Socorro de Rio Branco funcionando para a população.

A informação foi revelada durante coletiva à imprensa no gabinete do governador instalado no parque de exposições, local onde ocorre a 46ª edição da maior feira de agronegócios e entretenimento do estado, a Expoacre 2019.

Entrega de 100 novas viaturas policiais de uma só vez será a maior da Segurança Pública do Acre

Mostrando o compromisso de fortalecer a Segurança Pública com arrojados investimentos em aquisição de viaturas, equipamentos e contratação de mais de 500 novos policiais civis e militares, o governador Gladson Cameli anunciou que muito em breve, 100 novos veículos serão entregues para reforçar a presença policial no enfrentamento ao crime nas 22 cidades do estado.

“Nos próximos 15 dias, estaremos contratando a compra de 100 novas viaturas para a Segurança Pública e vamos entregar a maior frota da história do Acre, fora fardamentos, coletes à prova de bala e todo tipo de material que venha dar condições de trabalho. Tudo o que tem de última geração no que diz respeito ao serviço de inteligência das nossas polícias nós também estamos adquirindo”, pontuou.

Segundo o gestor, a expectativa é que todos estes investimentos sejam entregues nos próximos 60 dias. A partir de setembro, o Acre ganhará o reforço de 247 novos policiais militares. Este foi mais um compromisso firmado por Gladson e que será cumprido em seu primeiro ano de governo.

Cameli assegurou entrega de 100 novas viaturas policiais até o fim deste ano Foto: Diego Gurgel/Secom

Até o dia 12 de julho deste ano, o relatório apresentado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) aponta queda de 35,7% nos crimes contra a vida em todo o estado, na comparação com o mesmo período de 2018.

A retomada da ordem nos presídios por meio da implantação dos programas operacionais padrão, maior presença da polícia nas ruas em pontos vulneráveis e elucidações de crimes contra a vida, além dos investimentos assegurados para a Segurança Pública estão entre os principais fatores que contribuíram para o declínio dos crimes letais.

Cameli esclarece processo licitatório de aeronave e descarta uso em viagens governamentais

Questionado sobre a licitação de uma aeronave para o governo do estado, Cameli explicou que o modelo de pequeno porte será utilizado tão somente em casos de emergência, sobretudo, no transporte de pacientes em estado grave para outros estados do país.

O gestor explicou que o aluguel sendo feito a partir de uma empresa situada na região Norte trará economia aos cofres públicos. Gladson citou que o mesmo processo sendo feito de maneira emergencial via Sudeste do país chega a custar R$ 400 mil.

Cameli foi duro ao dizer que o assunto está sendo tratado por opositores ao seu governo de forma baixa e com único intuito de tirar proveito político sobre o tema, além de tentar confundir a população com informações equivocadas.

“As pessoas deveriam ter a complacência de pelo menos ler o edital e, por conta disso, uma situação pequena como esta acaba se tornando maior que os problemas do nosso estado por causa de politiqueiros e faço o desafio a todos que se até o último dia do meu governo veja se vai ter algum fretamento de avião para me levar a algum lugar”, argumentou.

O governador afastou qualquer possibilidade de a aeronave ser utilizada para o seu transporte, mesmo durante as viagens oficiais. Cameli afirmou que tem pago um alto preço por querer ajudar a melhorar a vida das pessoas e que, mesmo assim, não medirá esforços para honrar a confiança dos milhares de acreanos que o elegeram em primeiro turno.

“Eu não teria coragem de fretar um avião mediante as condições financeiras que eu estou falando desde o dia que eu assumi o governo para mandar a conta para o Estado. Eu não tenho necessidade disso e quando eu preciso viajar, eu tenho a quem pedir sem mandar nem uma conta para o Estado”, frisou.

Mais notícias