https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/LRM_EXPORT_37472298828432_20190831_075732854.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson Cameli fará gestão contra cortes de repasses no Sistema ‘S’ pelo Governo Federal

Resley Saab
31.08.2019 11:18
Atualizado 31.08.2019 às 11:32

Governador participou, na noite desta sexta-feira, da inauguração da escola profissionalizante do Vale do Juruá, construída a um custo de R$ 18 milhões

A preocupação com a possibilidade de perdas de repasses do Governo Federal para as instituições que compõem o Sistema ‘S’ – Sesc, Sest, Senat, e Senac – será levada pelo governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, para um novo encontro de governadores da região Norte, que acontece na próxima semana, em Brasília.

Primeira-dama Ana Paula Cameli com o governador Gladson e o vice-governador, Major Rocha e a esposa, Selma Rocha, na solenidade de inauguração da escola profissionalizante do Senac (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

A solicitação de apoio ao governador foi feita pelo presidente da Federação do Comércio do Acre (Fecomercio), Leandro Domingos Teixeira Pinto, em Cruzeiro do Sul, por ocasião da solenidade de entrega da escola profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Vale do Juruá, na noite desta sexta-feira, 30.

Governador Gladson Cameli fala para representantes do Comércio, lideranças políticas e presidentes de instituições comerciais, em Cruzeiro do Sul (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

Segundo Teixeira Pinto, “muitas são as críticas para as instituições que representam o comércio, e que surgem muitas vezes por desconhecimento do papel importantíssimo que elas desempenham, ou nascem por questões político-ideológicas”.

E como prova de que esse mesmo comércio contribui para a geração de qualidade de vida, de emprego e de renda está a escola profissional, construída a um custo de R$ 18 milhões, com onze salas para atender a toda a comunidade do Vale do Juruá com cursos profissionalizantes, num total de 1,8 mil estudantes diariamente.

Presidente da Fecomercio, Leandro Domingos, em discurso no qual expôs a sua preocupação com o corte de recursos para o Sistema ‘S’ pelo governo federal (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

O governador Gladson Cameli renovou os laços de comprometimento com os representantes do Comércio, afirmando que vai conversar com os colegas de outros estados para juntos sensibilizarem o governo Bolsonaro a demover da ideia de cortes para o sistema. Mobilizações semelhantes já estão acontecendo também em outros estados.

“Contribuir com a qualidade do Sistema ‘S’, renovando aqui o meu compromisso com todos vocês, são as minhas palavras. Ainda como senador, e agora como governador do Acre, vou continuar defendendo a causa de vocês por entender que esta é também a causa da nossa população que precisa de emprego, que precisa se especializar”, afirmou Gladson Cameli.

Governador Gladson Cameli na solenidade de entrega da escola profissionalizante do Senac (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

No entendimento do governador, “o estado precisa do fortalecimento da Indústria e do Comércio, repaginando a mão-de-obra local”.

“Por isso, trouxe para a Expoacre Juruá 2029 boa parte dos meus secretários, para que tenhamos agilidade na construção do diálogo com a iniciativa privada, formalizando novas parcerias e agradecendo a instituições como o Senac”, salientou o governador.

Como exemplo, citou a necessidade para breve de operadores de máquinas que estão sendo compradas para equipar o Deracre, órgão responsável por obras de ramais e de rodovias. “Quem vai treinar os trabalhadores das motoniveladoras que estramos adquirindo? Poderia ter essa facilidade por meio de vocês”, ressaltou.

O vice-governador, Major Rocha, e a esposa, Selma Rocha, também participaram da agenda.

Superestrutura para 1,8 mil estudantes

Uma das mais modernas da região Norte, a escola profissional inaugurada na noite desta sexta, em Cruzeiro do Sul, terá onze salas de aulas, quatro laboratórios de informática, três laboratórios de beleza, um de gastronomia, um de saúde e auditório.

Dos R$ 18 milhões em recursos da Confederação Nacional do Comércio (CNC), R$ 14 milhões foram investidos no prédio, de mais de quatro mil metros quadrados, sendo os R$ 4 milhões restantes destinados à compra de mobília.

Fachada da escola profissionalizante de Cruzeiro do Sul, inaugurada nesta sexta-feira, 30 (Foto: Pedro Devani/Secom)

Segundo explica o presidente da Fecomercio, os recursos são frutos de uma partilha da CNC com todos os estados, para estimular a aprendizagem comercial, contribuindo com mais emprego e renda em todas as regiões.

“Nossa missão é contribuir com o ânimo e a esperança nas pessoas, para que tenham a capacitação profissional, que possam estar contribuindo com o crescimento da sua cidade e com a qualidade de vida de suas famílias”, lembra Leandro Domingos Teixeira Pinto.

Estiveram presentes à cerimônia o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, deputado Nicolau Junior, o deputado federal Alan Rick e o superintendente do Sebrae-Acre, Marcos Lameira.

Mais notícias