https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/IMGN3090-1.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson Cameli faz lançamento dos Projetos Socioeducativos 2019

Wesley Moraes
05.04.2019 10:38
Atualizado 05.04.2019 às 11:20

Atividades contemplarão mais de 500 adolescentes em oito Centros Socieducativos

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, fez o lançamento nesta quinta-feira, 5, dos Projetos Socioeducativos que serão desenvolvidos em todas as unidades do Instituto Socioeducativo (ISE) durante este ano.

Para 2019, está prevista a continuidade dos projetos Som da Liberdade, Cívico Militar, Esporte em Ação, Hortas e Assistência Religiosa. Em seu pronunciamento, o presidente do ISE, Rogério Silva, disse que a população de menores infratores é preocupante, mas que são por meio de atividades como essa que farão a diferença no Sistema Socioeducativo.

“Vivenciamos uma situação diferente no Sistema Socioeducativo do Acre. Temos 564 menores infratores, o maior número de internos nos últimos dez anos. Por isso, precisamos reverter esses números e são através de projetos como estes que conseguiremos mudar esta situação”, enfatizou.

Durante solenidade realizada no Teatro Plácido de Castro, o governador Gladson Cameli levou uma mensagem de esperança para os adolescentes que participam dos projetos sociais. O gestor afirmou aos jovens que o momento é de esquecer o passado e sonhar com um futuro melhor.

“O sonho da minha vida era ser governador do meu Estado e hoje ele se tornou realidade. Quero dizer a vocês que todos nós erramos na vida, mas também temos a chance de lutar por dias melhores. Aproveitem esta oportunidade que estão tendo porque o Acre do amanhã depende de vocês”, ressaltou.

“Aproveitem esta oportunidade que estão tendo porque o Acre do amanhã depende de vocês”, disse o governador. (Foto: Odair Leal/Secom)

A juíza da Vara da Infância e Juventude, Andréia Brito, destacou o esforço do Instituto Socioeducativo na realização de projetos sociais com os internos. Para a magistrada, a parceria com outras instituições é fundamental para o sucesso do propósito estabelecido.

“Acreditamos na ressocialização e vamos manter essa parceria que vem dando certo para que possamos resgatar a cidadania e evitar que os jovens sigam para o caminho do crime”, argumentou Andréia Brito.

Mais notícias