https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/IMGN0229.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson Cameli pede agilidade na aprovação de projeto de R$ 94 milhões para ramais

Wesley Moraes
29.03.2019 18:01
Atualizado 04.04.2019 às 11:03

Com superintendente da Caixa Econômica, governador também discutiu o reaquecimento do setor da construção civil

Durante reunião com o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Victoram Costa, o governador Estado do Acre, Gladson Cameli, solicitou agilidade na aprovação do projeto que contempla o investimento de R$ 94 milhões na manutenção e recuperação de ramais nos 22 municípios acreanos.

Cameli lembrou a união da bancada federal do Acre para conseguir a liberação dos recursos e o esforço da atual gestão para que o montante não seja devolvido aos cofres do Governo Federal.

“Estamos correndo contra o tempo para não perder esse recurso e o apoio da Caixa Econômica é fundamental para que isso não aconteça. Tenho certeza que teremos respostas positiva sobre este assunto nos próximos dias”, ressaltou o governador.

O superintendente da Caixa Econômica elogiou o empenho da equipe de profissionais da Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) na elaboração do projeto final que já está sendo analisado pelo banco estatal.

Gladson Cameli solicitou da Caixa agilidade na aprovação do projeto que contempla o investimento na manutenção e recuperação de ramais (Foto: Odair Leal/Secom)

 

Ao governador, Victoram Costa afirmou que faltam apenas a correção de alguns detalhes técnicos para que o projeto seja encaminhado para a fase de licitação e, posteriormente, a execução das obras assim que o período chuvoso cessar.

O gestor aproveitou a oportunidade para discutir o reaquecimento do mercado da construção civil no Estado. Gladson Cameli sinalizou interesse na retomada de obras em infraestrutura e habitação, por meio do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

“Precisamos trazer de volta o setor da construção civil para ser o grande gerador de emprego e renda como sempre foi alguns anos atrás. Essa retomada vai ser muito importante também para priorizarmos grandes obras que beneficiem a população do nosso Estado”, enfatizou.

Mais notícias