https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/IMGN4513.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Gladson Cameli prestigia seminário em comemoração aos 45 anos do Corpo de Bombeiros

Wesley Moraes
10.04.2019 9:01
Atualizado 10.04.2019 às 9:13

Governador declarou que não medirá esforços para fortalecer a instituição

O governador do Estado, Gladson Cameli, fez a abertura oficial do 1º Seminário Operacional do Corpo de Bombeiros Militar do Acre, a solenidade faz parte das comemorações pelos 45 anos do CBMAC.

Em sua fala, o chefe do Executivo destacou o respeito que a corporação conquistou perante a sociedade graças a bravura dos valorosos Bombeiros no desempenho de suas atividades ao longo desses anos. Para Cameli, o CBMAC cumpre um importante papel e garantiu que os anseios da instituição serão tratados como prioridade em seu Governo.

“Aqui nós temos homens e mulheres que arriscam suas vidas para salvar outras. O Corpo de Bombeiros é conhecido na história por ajudar a nossa sociedade e, por isso, é uma instituição que merece ser valorizada e como governador, quero contribuir para que a corporação se fortaleça ainda mais tanto no trabalho que desempenham no dia a dia, como na realização de projetos sociais”, ressaltou Cameli.

 

Governador Gldason Cameli com autoridades do exército, do Ministério Público e dos Poderes Legislativo e Judiciário, em cerimônia que abriu o Fórum (Foto: Odair Leal/Secom)

O subcomandante do CBMAC, tenente-coronel Antônio Velasquez, destacou os avanços alcançados pela corporação e disse que a sociedade conta com profissionais preparados e competentes para atender qualquer tipo de adversidade.

“Vale destacar o papel do Governo do Estado que não mede esforços para que tenhamos acesso aos mais modernos equipamentos e por conta disso, nossos bombeiros estão capacitados para atender desde um salvamento até a controlar um incêndio de grandes proporções”, frisou.

Durante o evento, foi lançado o programa CBMAC Sem Papel, a iniciativa tem como principal objetivo digitalizar ocorrências e processos, assegurando, desta forma, a otimização das atividades desempenharas pelo setor administrativo e a economia de recursos, além da responsabilidade ambiental.

Governador inspeciona equipamentos usados pelo Corpo de Bombeiros, em exposição, ao lado do comandante da corporação, coronel Batista (à esquerda) e do subcomandante, tenente-coronal Velasquez (Foto: Odair Leal/Secom)

A história do Corpo de Bombeiros do Acre

Criado em 4 de abril de 1974, o Corpo de Bombeiros do Acre surgiu como um batalhão da Polícia Militar. A autonomia administrativa e financeira veio no início da década de 1990.

Somente no ano passado, o Corpo de Bombeiros atendeu 38 mil ocorrências. De acordo com a revista especializada “Bombeiros em Emergências”, a corporação acreana, proporcionalmente, foi a que mais atuou no Brasil.

Atualmente, a instituição conta 507 militares distribuídos em nove quarteis nos municípios de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Tarauacá, Feijó, Epitaciolândia e Xapuri.

O CBMAC também é destaque na realização de projetos sociais como o Bombeiro-Mirim, que atendeu dois mil adolescentes em 2018, e o Nadando com o Corpo de Bombeiros. Outro desafio assumido pela corporação foi assumir a administração do Colégio Militar Dom Pedro II.

Mais notícias