https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/06/Image-1-1.jpg?resize=1126%2C400&ssl=1
Governo

Gladson Cameli prestigia solenidade em comemoração aos 50 anos do 7º BEC

Wesley Moraes
08.06.2019 8:38
Atualizado 08.06.2019 às 10:23

Governador exaltou a belíssima trajetória da instituição em prol do desenvolvimento do Acre

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, prestigiou na noite desta sexta-feira, 7, a solenidade especial em comemoração aos 50 anos de criação do 7º Batalhão de Engenharia de Construção. O chefe do Poder Executivo não economizou palavras ao parabenizar a instituição.

“Quero dizer que estou muito honrado em participar deste ato tão especial como governador do meu Estado. O 7º Bec faz parte da história do Acre por tudo que realizou ao longo destes anos e ainda continua contribuindo para o nosso desenvolvimento e sem esta instituição o Acre não seria o que é hoje. Saibam que, para mim, o 7º Bec é um exemplo seriedade e, acima de tudo, honestidade porque jamais teve seu nome envolvido em nem um tipo de escândalo. Isso muito nos orgulha”, afirmou Cameli.

Governador Gladson Cameli parabenizou o 7º Bec pelos trabalhos prestados ao Acre nos últimos 50 anos (Foto: Odair Leal/Secom)

O gestor acreano enfatizou ainda que demonstra profunda admiração pelo belíssimo trabalho prestado pela organização militar. Segundo Gladson Cameli, o 7º Bec foi uma instituição que se revelou dos rincões da Amazônia para todo o Brasil por sua ousadia em enfrentar todos os tipos de desafios de engenharia nos últimos cinquenta anos.

“O 7º Bec realizou obras aqui no Acre extremamente complexas e que ninguém tinha coragem de fazer e um exemplo disso foi a abertura da BR 364. Graças a esta instituição, a maioria dos municípios do Acre está interligada por esta importante rodovia”, lembrou.

Durante seu pronunciamento, o comandante do 7º Bec, coronel Flávio Prado, lembrou da trajetória galgada neste meio século, sobretudo, a colaboração decisiva para o desenvolvimento e integração desta porção da Amazônia Ocidental ao restante do país.

Comandante do 7º Bec, coronel Flávio Prado, destacou as importantes contribuições da instituição para desenvolver e interligar o Acre com os demais estados do país (Foto: Odair Leal/Secom)

“São 50 anos de profícuo serviços em prol do desenvolvimento da nossa região. Desde a sua criação, em 1969, o 7º Bec através da execução de diversas obras como recuperação de aeródromos, construção de pontes e recuperação de estradas levaram progresso para municípios distantes e isolados, contribuindo, diretamente, para a integração do Acre com os demais estados da Federação”, salientou.

Durante o evento, o governador Gladson Cameli, juntamente com o comandante Flávio Prado e demais autoridades fizeram o descerramento de uma placa comemorativa, além do lançamento oficial do selo postal em homenagem aos 50 anos do 7º Bec que será utilizado em correspondências nacionais e internacionais pelos Correios.

Governador participou do lançamento do selo postal comemorativo aos 50 anos da instituição militar (Foto: Odair Leal/Secom)

Histórico do 7º Bec

Criado por meio do decreto dresidencial nº 64.660, de 06 de junho de 1969,o 7º Batalhão de Engenharia de Construção – Batalhão Barão do Rio Branco é uma Organização Militar da Arma de Engenharia do Exército Brasileiro.

Com sua primeira sede em Cruzeiro do Sul, em 19 de maio de 1992, a Portaria Ministerial nº 17-Res transferiu o 7º Bec para Rio Branco, tendo o processo de mudança concluído no dia 28 de janeiro de 1993.

Em reconhecimento à sua história e a seu acervo de obras, o então Ministério do Exército concedeu ao 7º Bec, em 24 de outubro de 1995, a denominação de “Batalhão Barão do Rio Branco”, homenageando o renomado diplomata e estadista brasileiro José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco.

Mais notícias