https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/07/GUR_3381.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson Cameli visita obras de ampliação do Pronto Socorro e garante entrega ainda este ano

Resley Saab
10.07.2019 13:23
Atualizado 10.07.2019 às 14:53

Gladson Cameli também é engenheiro e colocou como uma das prioridades máximas de sua administração a finalização da construção do Pronto Socorro de Rio Branco

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, esteve inspecionando as obras de ampliação do Pronto Socorro de Rio Branco, o PS, na manhã desta quarta-feira, 10. Os serviços estão bem adiantados e, ao seu final, vão permitir mais 109 leitos,  unidades de terapia intensiva, dez enfermarias e a possibilidade de receber helicópteros-ambulâncias.

Acompanhado da médica Fabíola Helena Oliveira de Souza, gerente de assistência do PS, e do engenheiro civil Vanderli Oliveira, o governador percorreu os corredores dos andares cujos recintos estão sendo finalizados, e inspecionando cada ambiente para certificar-se que a obra está saindo com qualidade.

Gladson Cameli também é engenheiro e colocou como uma das prioridades máximas de sua administração a finalização da construção do PS Foto: Diego Gurgel/Secom

Gladson Cameli também é engenheiro e colocou como uma das prioridades máximas de sua administração a finalização da construção, iniciada na gestão passada a um custo de R$ 20,1 milhões, mas paralisada por inoperância do governo anterior, que deixou erros estruturais graves e que estão sendo consertados.

“Estamos a passos largos, acelerados, para entregar ainda este ano. Encontramos uma série de problemas de engenharia, como por exemplo, o acesso ao heliponto, que é totalmente inadequado para receber um paciente numa maca, por falta de uma rampa”, afirmou Gladson Cameli.

Vanderli Oliveira, engenheiro radicado no Rio Grande do Sul, é especialista em cálculo de superestruturas e foi contratado pelo Governo do Estado do Acre para trabalhar na acessibilidade ao local de pouso, na parte superior do hospital.

Para a gerente de assistência do Pronto Socorro, a obra vai dar mais dinamicidade aos atendimentos. “Sem dúvidas, teremos um dos melhores hospitais da região Norte”, ressaltou Fabíola de Souza.

Mais notícias