https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/IMGN1015.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Gladson entrega novas viaturas para o Iapen

Wesley Moraes
31.03.2019 13:35
Atualizado 04.04.2019 às 10:53

Renovação da frota foi possível diante do empenho da nova gestão em colocar as contas do Estado em dia

O governador do Acre, Gladson Cameli, entregou na manhã deste domingo, 31, dez novas viaturas para o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). O esforço só foi alcançado graças ao empenho da nova administração em recuperar a credibilidade do Estado junto aos fornecedores.

Governador falou da necessidade do planejamento para melhorar a gestão (Foto: Odair Leal/Secom)

“Os contratos do Iapen não eram pagos há mais de dois anos e isso é a prova da falta de gestão. No meu governo, a nossa principal prioridade está no planejamento para que situações como essa fiquem no passado e o que nós queremos é dar, cada vez mais, condições para fortalecer todo o Sistema de Segurança Pública do nosso estado”, afirmou o governador.

Os modernos veículos serão utilizados para os serviços de escoltas dos detentos e no monitoramento dos apenados que estão no regime semiaberto por meio da utilização de tornozeleira eletrônica.

Para o presidente do Iapen, Lucas Gomes, os investimentos no Sistema Penitenciário asseguram o compromisso da atual gestão em proporcionar melhores condições de trabalho aos agentes penitenciários.

“A renovação da nossa frota é mais uma prova que o governo está empenhado em revolucionar o Sistema Prisional e com esses veículos novos, nossos agentes terão mais segurança e condições para desempenharem suas atividades no dia a dia”, frisou.

Até o fim do primeiro semestre deste ano, investimentos na ordem de R$ 7 milhões serão efetivados no Iapen. Um deles diz respeito à entrega de um novo pavilhão no presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. O prédio tem capacidade para receber 400 detentos e vai contar com recursos de alta tecnologia para o monitoramento dos reeducandos, como a utilização de câmeras em alta definição e cercas equipadas com sensores de movimento.

Mais notícias