https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/IMG_4161.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Gladson vistoria segunda fase de obras do Pronto Socorro de Rio Branco

Wesley Moraes
20.08.2019 19:59
Atualizado 20.08.2019 às 19:59

Governador afirmou que melhorar a Rede Pública de Saúde é prioridade e assegurou ainda conclusão de obras inacabadas na capital e interior

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, inspecionou na tarde desta terça-feira, 20, a demolição de duas antigas alas do Pronto Socorro de Rio Branco. Em uma delas, funcionará o estacionamento da unidade de urgência e emergência.

Já o outro prédio onde funcionava uma das enfermarias do PS também será destruído em breve. No mesmo local, segundo o governador Cameli, será erguida uma nova e moderna estrutura hospitalar.

Gladson Cameli durante vistoria a segunda fase de obras do Pronto Socorro de Rio Branco Foto: Diego Gurgel/Secom

“Firmamos o compromisso com a população de garantir uma saúde de qualidade e é isso que temos buscado desde que assumimos o governo. Prova disso é que já inauguramos a verticalização do Pronto Socorro em apenas sete meses, lembrando que esta obra começou há quase dez anos”, pontuou.

A ordem de serviço da segunda etapa de obras do Pronto Socorro foi dada no início deste mês. Gladson afirmou que vem acompanhando de perto o cronograma para que atrasos não aconteçam.

O gestor disse ainda que a Saúde é prioridade em sua gestão. Além da reforma de unidades hospitalares, o chefe do Executivo assegurou a conclusão de obras inacabadas deixadas por administrações passadas, como o caso do Hospital Regional do Alto Acre, em Brasileia, a Unidade de Pronto Atendimento(Upa) de Cruzeiro do Sul e o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia(Into/AC), em Rio Branco.

Gladson Cameli afirmou que melhorar a saúde é prioridade em sua gestão Foto: Diego Gurgel/Secom

“Queremos concluir estas obras o mais rápido possível porque saúde não espera e a nossa população merece estrutura e atendimento de qualidade. Tenho acompanhado de perto e cobrado da nossa equipe todo empenho para que possamos concluir todas as obras inacabadas e vamos dar início, muito em breve, as reformas dos nossos hospitais no interior do estado”, finalizou.

 

Mais notícias