https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/02/rio-jurua.jpg?resize=984%2C400&ssl=1
Geral

Governador monitora áreas inundadas em Cruzeiro do Sul

Nayara Lessa
06.02.2019 13:52
Atualizado 07.02.2019 às 8:44

Os órgãos responsáveis estão tomando todas as medidas para que as famílias tenham toda atenção necessária

O governador Gladson Cameli esteve na manhã desta quarta-feira, 6, monitorando as áreas inundadas no bairros Miritizal, Boca do Moa, Várzea e Lagoa, em Cruzeiro do Sul. Áreas essas que são os mais atingidos pela inundação do rio Juruá. Cameli esteve acompanhado do prefeito em exercício de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, e do coordenador da Defesa Civil, José Lima.

Governador esteve com autoridades competentes monitorando as áreas alagadas. Foto: Ismael Medeiros – Secom

O governador afirmou que todos os esforços estão sendo feitos para que as famílias atingidas tenham toda a atenção devida. “Os órgãos responsáveis estão tomando todas as medidas para que as famílias tenham a atenção necessária. Essas famílias precisam sentir segurança por parte do Estado, mesmo diante de um momento tão delicado. E nós, dentro das nossas possibilidades, iremos fazer isso. Não iremos deixá-las desamparadas. Essa é a população mais carente, que mais precisa de nós”, comentou o governador.

O prefeito em exercício, Zequinha Lima, enfatizou que a ajuda do Estado é extremamente importante. “A ajuda do Governo está chegando em um bom momento, reforçando o nosso trabalho”, comentou.

Lima disse ainda que atualmente existem 2.100 famílias atingidas e que nesta quarta-feira, cinco delas já foram retiradas pela Defesa Civil.

“Nas últimas doze horas, o rio Juruá teve uma elevação de 8 centímetros. Isso significa dizer que falta apenas 18 centímetros da cota para decretarmos estado de emergência. Queremos enfatizar que estamos preparados para prestar todo o atendimento necessário a essas famílias. E agora ainda mais, após a vinda do governador, no qual colocou todas as instituições estaduais ao nosso dispor”, disse.

O coordenador da Defesa Civil, José Lima, esclareceu que infelizmente a previsão é que o rio Juruá eleve ainda mais o nível de suas águas. “A demanda vai ser grande. Então toda ajuda é bem vinda. Hoje o rio estava com 13,48 metros, na medição da manhã. Mas a previsão é que após o meio-dia, ele ultrapasse essa medida. As famílias que necessitarem de ajuda poderão estar ligando no 193, que nós estaremos prontos em ajudar”, finalizou.

Mais notícias