https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/3D83DC8C-A64F-4E69-A7E1-1044AB169E00.jpeg?resize=984%2C400&ssl=1
Educação

Governo confirma reinauguração da Biblioteca Pública para setembro

Wesley Moraes
05.08.2019 16:58
Atualizado 05.08.2019 às 17:05

Durante reunião nesta segunda-feira, 5, com o secretário de Estado de Educação (SEE), Mauro Sérgio Cruz, e com o diretor-presidente da Fundação Cultural Elias Mansour (FEM), Manoel Pedro, o governador Gladson Cameli definiu para o próximo dia 7 de setembro a entrega da reforma da Biblioteca Pública Estadual, localizada no Centro de Rio Branco.

“A entrega da biblioteca faz parte de um conjunto de obras e reformas que estamos fazendo para melhorar nossos prédios públicos e dar mais conforto para os seus usuários. as pessoas podem ter certeza de que vamos reinaugurar a biblioteca com a melhor estrutura possível  para que a nossa população aproveite aquele espaço para realizar seus estudos e ampliar seus conhecimentos”, enfatizou Cameli.

Governador Gladson Cameli e equipe definem reinauguração da Biblioteca Pública para o próximo dia 7 de setembro Foto: Marcos Vicentti/Secom

A reforma do prédio já está concluída. Nos próximos dias, a biblioteca receberá novos e modernos equipamentos, além da troca de todo o mobiliário em sua parte interna, como explica o diretor-presidente da FEM.

“A questão agora diz respeito ao aconchego do local como é o caso do mobiliário e as demais estruturas com boas condições de atendimento e acolhimento porque não basta apenas o prédio, temos que entregá-lo em perfeitas condições e conforto para quem frequentar a nossa biblioteca”, afirmou.

Uma das novidades da nova biblioteca diz respeito à sua gestão, que será compartilhada entre a Fundação Elias Mansour e a Secretaria de Estadual de Educação. O modelo garantirá maior aporte de recursos financeiros para o pleno funcionamento da unidade.

Reforma incluiu a revitalização geral da biblioteca, com intervenções no piso, paredes e teto Foto: Marcos Vicentti

“Sairá um decreto em breve confirmando o compartilhamento daquele espaço com a FEM e acreditamos que juntos conseguiremos melhorar o trabalho, disponibilizar mais pessoas qualificadas para o atendimento ao público e ao mesmo tempo melhorar toda aquela estrutura que a biblioteca tem para que as pessoa venham, se sintam bem, estudem, se preparem para concursos e façam seus trabalhos escolares”, pontuou o secretário Mauro Sérgio.

Somente no prédio foram investidos R$ 740 mil com recursos provenientes do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica (Proser).  A reforma incluiu a revitalização geral da biblioteca, com intervenções no piso, paredes e teto.

Mais notícias