https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/GUR_0623.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Governo do Acre anuncia meio bilhão de reais em obras para 2020

Resley Saab
03.08.2019 11:48
Atualizado 03.08.2019 às 12:38

Viadutos na AC-40 e na avenida Ceará e urbanização de orlas em Rio Branco e Cruzeiro do Sul vão impactar positivamente a vida de milhares de acreanos

O governo Gladson Cameli prepara uma série de cinco grandes obras para melhorar a mobilidade urbana e contribuir para elevar a qualidade de vida de milhares de pessoas, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, em 2020. O superpacote de investimentos prevê a construção de dois grandes viadutos na capital acreana e de um complexo de três orlas às margens do Rio Acre e do Juruá, num valor global de quase meio bilhão de reais.

Mais de R$ 458,3 milhões devem ser captados para tocar esses projetos, financiados por meio de bancos de desenvolvimento, num momento em que o novo governo recupera o crédito junto a agências de investimentos, ao obter a classificação ‘B Positivo’ pela Secretaria do Tesouro Nacional como estado compromissado com o saneamento de suas contas.

Concepção do projeto do viaduto na AC-40; obra é uma das maiores programadas para 2020 pelo Governo do Estado do Acre (Arte: Seinfra)

Os projetos estão a cargo dos engenheiros da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), que há mais de três meses começaram os estudos para viabilização das construções.

Em Rio Branco, a primeira delas estará localizada no encontro da avenida Ceará com a estrada Dias Martins e com a rua Isaura Parente, no trevo da Associação Atlética Banco do Brasil. A segunda, na região da ‘Corrente’, no Segundo Distrito, próxima à sede da Companhia de Trânsito da Polícia Militar, no acesso da AC-40 para a BR-364 e para a Via Verde.

Outras duas, ainda na capital acreana, vão valorizar as margens do Rio Acre. A primeira começa no centro, desde a cabeceira da ponte Coronel Wanderley Dantas até o Bairro Cadeia Velha, enquanto que a segunda se estende por toda a margem do Rio Acre, no Bairro 15.

Na primeira orla, a do centro, serão investidos R$ 95 milhões, enquanto que na do Quinze, os custos chegam a R$ 15 milhões.

Concepção artística da Orla do Quinze, em Rio Branco; projeto está em andamento para ser executado em 2020 (Arte: Seinfra)

Em Cruzeiro do Sul, os serviços se concentrarão na orla às margens do Rio Juruá, desde a Ponte da União e se alargando para a região do Bairro da Lagoa, num aporte de investimentos de R$ 189 milhões.

Os projetos já foram apresentados ao governador Gladson Cameli pelo secretário da Seinfra, Thiago Caetano. “Sem dúvidas, são obras de muita relevância para o nosso estado e vamos trabalhar para que se concretizem. Ainda temos uma série de etapas a vencer e vamos colocá-las em prática para o bem da nossa população”, afirmou Cameli, não escondendo a sua vontade de ver iniciada primeiro as obras da AC-40 por estar no corredor estratégico da Amazônia aos portos do Oceano Pacífico, pela Via Verde.

Urbanização da orla do Juruá, em Cruzeiro do Sul; concepção artística mostra como será a construção, prevista para 2020 a um custo de R$ 189 milhões (Arte: Seinfra)

O viaduto cruzará por cima da Via Verde e da BR-364 no sentido para Senador Guiomard e segundo estimativa da Seinfra, custará algo em torno de R$ 52 milhões.

Para o secretário-adjunto da Seinfra, Luiz Victor Bonecker, que participa diretamente da assinatura dos projetos “são obras de uma grandiosidade considerável e que vão mudar completamente a vida das pessoas”.

Governador Gladson Cameli, ao centro, com o secretário da Seinfra, Thiago Caetano (à esquerda) e o superintendente da Sudam. Paulo Correia, durante apresentação dos projetos Foto: Diego Gurgel/Secom

Desafogando o tráfego na Ceará

O viaduto na avenida Ceará com a rua Isaura Parente e a estrada Dias Martins deve eliminar os engarrafamentos que ocorrem, sobretudo, no início das noites nos dias do meio de semana, quando as pessoas se deslocam para duas grandes faculdades particulares na região e na Universidade Federal do Acre. Para essas obras, o valor estimado é de R$ 107,3 milhões.

Viaduto a ser construído na avenida Ceará; obra vai eliminar o congestionamento na região, para onde se deslocam estudantes de faculdades (Arte: Seinfra)

Nesta região, o tráfego está sempre congestionado nos horários de pico, cedo da manhã ou no final de tarde, já que além dos estudantes das faculdades, utilizam o mesmo aceso moradores do conjunto Jardim Europa, da Vila dos Engenheiros, do Conjunto Universitário e dos Conjuntos Tucumã 1, 2 e 3.

Obra do viaduto da Ceará com A Isaura Parente; obras vão permitir desafogar o trânsito na região (Arte: Seinfra)

Mais notícias