https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/06/DSC03097.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Governo do Estado lança Metodologia de Gestão por Resultados no Sistema Integrado de Segurança Pública

Alamara Barros
05.06.2019 16:13
Atualizado 05.06.2019 às 16:13

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública, lançou nesta quarta-feira, 5, a Metodologia de Gestão por Resultados no Sistema Integrado de Segurança Pública.

O lançamento contou com a presença do vice-governador, Major Rocha, do secretário de segurança pública, Paulo Cézar,  do delegado geral de Polícia Civil, Henrique Ferreira, além do comandante da Polícia Militar, Cel. Ezequiel Bino e demais autoridades.

Lançamento da Metodologia de Gestão por Resultados no Sistema Integrado de Segurança Pública (Foto: Elenilson Oliveira).

A Metodologia de Gestão por Resultados no Sistema Integrado de Segurança Pública consiste em aumentar a eficiência dos órgãos policiais do estado. Diz respeito à prevenção e repressão de práticas delituosas, por meio da integração da produção e difusão do conhecimento e definição conjunta de estratégias. Essas estratégias são desenvolvidas no âmbito das Regionais Integradas de Segurança Pública, por meio do emprego de metodologias de solução de problemas.

Para o vice-governador, Major Rocha, essa metodologia de integração e estreitamento entre a Polícia Civil e Militar irá fomentar o combate à criminalidade com efetividade. “Eu não vejo outro caminho para o combate eficiente, que não seja essa integração entre as forças de segurança, o que tem nos mostrado resultados bastante positivos. É lógico que nós precisamos avançar ainda muito mais, mas já é sensível a redução em todos os índices de criminalidade no nosso estado”, completou.

De acordo com o secretário Paulo Cézar, a metodologia já funcionou anteriormente no estado. Através dela foi possível colher os melhores resultados em relação à segurança pública no Acre. Atualmente, os estados que mostram maior redução nos índices de criminalidade, que estão abaixo de 20 mortes a cada 100 mil habitantes, adotam essa metodologia.

“Nós estamos retomando o método diante de um novo cenário, colocando em prática, fazendo a integração de informações e as reuniões regionalizadas, onde os delegados, comandante da Polícia Militar, integrantes do Ministério Público e do Poder Judiciário estarão integrados e efetivamente se deparando com os problemas de segurança da sua área de atuação e apresentando a melhor maneira de resolvê-los”, explicou.

Outro objetivo da metodologia é promover a aproximação dos órgãos integrantes do sistema estadual de segurança pública com o Poder Judiciário e Ministério Público, o que visa articular o processo de tomada de decisão destinada à redução dos indicadores da violência e criminalidade, bem como integrar o sistema de justiça criminal.

Mais notícias