https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/12/retrato_foto_Sérgio_Vale_2016-69.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Economia

Governo e lideranças indígenas definem estratégias de fomento ao turismo

Viviane Teixeira
20.03.2019 14:14
Atualizado 20.03.2019 às 14:14

Com a proposta de elaborar um roteiro de turismo específico para cada aldeia indígena, a Secretaria de Empreendedorismo de Turismo (Seet), está realizando uma série de reuniões com lideranças indígenas. A elaboração do documento será feita por um turismólogo que irá visitar cada localidade e formatar em conjunto com representantes locais, de acordo com suas especificidades, esse roteiro de atividades para os turistas.

Fortalecimento do turismo foi o tema da reunião (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

A Secretaria está elaborando um plano operacional que inclui o processo de qualificação de guias que irão atuar nas aldeias. E também a realização de cursos básicos de línguas estrangeiras para que os indígenas possam receber os turistas e contar sua história.

“Precisamos ajudá-los a desenvolver um roteiro específico para cada aldeia, para poder orientar os índios a receber os turistas desde a chegada até a saída da aldeia, isso precisa ser roteirizado para que o turista não se sinta solto. Eles necessitam de atividade que preencham todos os dias de estadia”, explicou a secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique.

Dentre os aspectos apresentados como demanda estão a estruturação de espaços para acomodação dos turistas, a disponibilidade de água potável e a necessidade de investimentos na área de saneamento básico.

Dando sequencia as reuniões de planejamento das ações, a secretária recebeu em seu gabinete na manhã desta quarta-feira, 20, o deputado estadual Jenilson Leite. O parlamentar se comprometeu em atuar em parceria com a secretaria para o fortalecimento e consolidação do turismo nas aldeias.

“Temos um potencial extraordinário, mas precisamos de organização. Precisamos divulgar mostrar nossos diferenciais. A roteirização é essencial para o fortalecimento econômico da atividade”, disse.

(Foto: Arquivo Secom)

De acordo com o levantamento da Secretaria, treze aldeias do Acre já estão recebendo turistas estrangeiros para conhecer a cultura local e também para participar de festivais indígenas.

“Os povos indígenas são riquíssimos de diversidade e de culturas diferentes. Temos que divulgar para o mundo que o Acre é um lugar lindo, que a floresta é um lugar sagrado. A população indígena ainda está com a cultura viva”, destacou o indígena Eldo Carlos Gomes.

Mais notícias