https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2017/07/mecanização.jpg?resize=800%2C400&ssl=1
Sem categoria

Governo fortalece produção familiar com mecanização em Porto Acre

Da Redação
10.07.2017 17:20
Atualizado 10.07.2017 às 17:20

A agricultura familiar do Estado segue fortalecida. O governo por meio da Secretaria de Extensão Florestal e Produção Familiar (Seaprof), realizou na última sexta-feira, 7, a entrega de um trator de esteira para Projeto de Assentamento Porto Alonso, em Porto Acre.

No Projeto de Assentamento (PA) Porto Alonso, 15 famílias serão beneficiadas. A máquina ficará disponível no escritório da Seaprof do município. Produtores e gestores irão realizar um planejamento para estabelecer a logística da máquina a fim de dar celeridade no processo produtivo.

A mecanização agrícola tem como objetivo otimizar e viabilizar altas produtividades, com a racionalização dos custos e a preservação dos recursos naturais e do meio ambiente. O trator de esteira é usado para o melhoramento do solo para o plantio, chamado de “destoca”, processo que consiste na limpeza e padronização de áreas já abertas.

“Para nós esse trator é uma grande vantagem, esperamos que ele seja bem aproveitado e que melhore a renda daqui”, disse o presidente da associação dos produtores rurais, Raimundo Nonato, conhecido na região como Neném.

O forte da região é a pecuária tanto no corte quanto no leite. A produção de goma e farinha também se destacam. Com as áreas mecanizadas as famílias poderão cultivar outras culturas diversificando sua base econômica.

O trator de esteira é usado para o melhoramento do solo para o plantio, chamado de “destoca” (Foto: Hugo Costa/Secom)

O titular da Seaprof, João Thaumaturgo Neto, destaca: “Estamos cumprindo nossa missão com as terras mecanizadas, temos um aceleramento no processo produtivo e o fortalecimento da agricultura”, disse.

“Com a chegada da máquina para o serviço de mecanização agrícola aqui em Porto Alonso, a comunidade tem a possibilidade de ter uma melhor qualidade de vida”, disse o deputado estadual, Lourival Marques.

Mais notícias