https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/01/AH3K7052-1.jpg?resize=1024%2C400&ssl=1
Geral

Governo garante pagamento dos servidores do Pró-Saúde

Wesley Moraes
29.01.2019 10:25
Atualizado 30.01.2019 às 16:41

Esforço da nova gestão permite que a maioria dos salários paga em dezembro seja quitada no próximo mês

O pagamento dos servidores do Pró-Saúde referente ao mês de janeiro já está confirmado. A garantia foi dada pelo chefe da Casa da Civil do Governo do Estado do Acre, José Ribamar Trindade, e pelo secretário estadual de Saúde, Alysson Bestene, em reunião com representantes de vários sindicatos ligados aos profissionais da área da Saúde.

Serão pagos mais de R$ 6 milhões, até o próximo dia 5 de fevereiro, para os mais de 1,1 mil funcionários do Pró-Saúde. Alysson Bestene certificou que pagar o salário dos servidores em dia é uma prioridade da gestão Gladson Cameli.

Chefe da Casa Civil, José Ribamar Trindade, com o secretário de Saúde, Alysson Bestene e os sindicalistas (Foto: Odair Leal/Secom)

“Mesmo diante da situação financeira que se encontra o estado, todo esforço está sendo feito por parte da nova gestão para que possamos honrar com os nossos compromissos e pagar os servidores sem nenhum tipo de atraso. Essa foi uma determinação pessoal do governador Gladson Cameli”, afirmou.

Aos sindicalistas, Bestene foi firme ao dizer que a transparência será uma das principais marcas da atual gestão. Declarou ainda que os dedicados servidores da Saúde serão valorizados pelo importante papel que desempenham para a sociedade acreana.

Governo pagar 83% dos funcionários que não receberam em dezembro

Mesmo enfrentando uma difícil situação financeira, a equipe econômica fez um grandioso esforço para quitar os vencimentos da maioria dos servidores do Pró-Saúde que ficou sem receber em dezembro.

A gestão passada, responsável pelo pagamento dos funcionários do Pró-Saúde referente ao último mês de 2018, não fez o empenho orçamentário e nem deixou recurso em caixa para pagar os salários.

Nesta primeira etapa, funcionários com remuneração igual ou inferior a R$ 5 mil recebem até o próximo dia 5 de fevereiro, de modo integral. Desta forma, 980 trabalhadores serão contemplados. O montante representa 83% do total de servidores do Pró-Saúde.

De maneira responsável e rigorosa, o novo governo garante um aporte financeiro superior a R$ 2,4 milhões para realizar o pagamento dos salários atrasados.

Uma nova reunião será realizada em fevereiro para tratar o pagamento remanescente dos demais funcionários. Para o presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Ribamar Costa, a nova administração pública está comprometida com os profissionais da Saúde e aberta ao diálogo com as entidades sindicais.

“Vemos que a nova gestão reconhecer que não é bom que o servidor fique sem receber e, por isso, está tomando a iniciativa de conversar com os sindicatos para apresentar soluções necessárias”, pontuou.

Mais notícias