https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/20491822244_8f0594d364_o.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Cidades do Acre

Governo já articula organização da Expoacre Juruá

Mágila Campos
16.04.2019 17:17
Atualizado 17.04.2019 às 17:50

A Expoacre Juruá, no município de Cruzeiro do Sul, vai ser realizada em setembro, mas as articulações para a realização da feira já começaram. Esta semana, a titular da Secretaria de Turismo e Empreendedorismo, Eliane Sinhasique, esteve na região, dialogando com empreendedores e empresários sobre as melhores estratégias para o evento.

A ação é realizada pelo Governo do Estado e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. “Em Cruzeiro do Sul estamos avaliando alguns locais para a realização desse evento, e, também para ouvir as pessoas a respeito do que elas precisam na questão de infraestrutura, para a realização da feira. Queremos um local que seja de fácil acesso, em que as pessoas tenham segurança e mobilidade”, explica a secretária.

Sinhasique ressaltou ainda que a intenção do governo acreano é realizar uma feira em que os visitantes e os empresários possam se sentir contemplados. “Tem que ser um grande ponto de encontro, e, de vitrine, onde as pessoas possam encontrar o que de melhor se produz em Cruzeiro do Sul e região” ressalta.

Representantes do governo, prefeitura e iniciativa privada se reuniram para tratar sobre a realização da feira (Foto: Cedida)

A secretária destacou também, que a parceria do Governo com a prefeitura de Cruzeiro do Sul e iniciativa privada, é fundamental, porque é um evento que envolve muitas frentes de trabalho, e mobiliza diversos setores da economia.

Entre os locais cotados para a Expoacre Juruá estão Rancho Vó Izaura e também a Arena de Cruzeiro do Sul. A avenida Mâncio Lima, também não está descartada. Todos os locais estão sendo avaliados.

O evento vai ser realizado de 29 de agosto a 1º de setembro, depois da maior festa da região, o novenário de Nossa Senhora da Glória. O prefeito de cidade, Ilderlei Cordeiro, destacou que o grande diferencial da feira deste ano é a união entre estado e município.

“Esse é um evento que movimenta a economia, gera emprego e renda para a nossa população. Além de ser um um evento da família, de integração das comunidades, e com a parceria do governo vai ser possível realizar uma grande festa”, ressaltou.

Mais notícias