https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2015/12/fotos_inaugura_anexo_sefaz_foto_gleilson_miranda_16.jpg?resize=780%2C400&ssl=1
Economia

Governo reabre prazo para quitação de débitos na Receita com desconto de até 90%

Da Redação
17.12.2018 12:21
Atualizado 21.12.2018 às 17:09

Foi publicado na edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) de 17 de dezembro de 2018, o decreto nº 10.352 que dispõe sobre a reabertura do prazo para regularização de débitos na Receita Estadual com descontos de até 90% para pagamento à vista. O prazo é até 21 de dezembro próximo e não será prorrogado.

Ao aderir ao programa o contribuinte terá desconto de 90% dos juros e multas de débitos decorrentes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de 70% do valor das multas decorrentes de obrigações acessórias (aplicadas por não emissão de nota, não apresentação de declarações obrigatórias, entre outras).

A ação faz parte da proposta de lei enviada pelo Executivo à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e segue o modelo de outros estados, sendo uma nova oportunidade para as empresas que queiram quitar o débito junto à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) ainda neste ano.

Todos os empresários que queiram encerrar esse valor têm até 21 de dezembro para fazer a negociação. A proposta também vale para dívidas já negociadas e parceladas nos benefícios anteriores concedidos pelo Plano de Recuperação Fiscal, o Refis, desde que sejam débitos vencidos até 31 de dezembro de 2017.

A adesão pode ser realizada nas Agências da Secretaria de Fazenda da capital ou do interior ou na Procuradoria Geral do Estado, caso o débito esteja inscrito em dívida ativa.

Apoio ao setor

Em 2016, o Acre promoveu o Plano de Recuperação Fiscal (Refis), possibilitando o parcelamento de dívidas para pessoa jurídica em até 120 vezes, com descontos entre 50% e 80% nas multas e juros, dependendo da quantidade de prestações.

Em julho deste ano, o Estado do Acre aderiu a uma proposta de convênio adotada por Santa Catarina, por meio do ICMS 79/2018, que possibilita à Fazenda editar uma lei específica para o pagamento à vista.

Em novembro, foi concedido o desconto de 90% para quitação à vista dos encargos, juros e multas do ICMS. E agora o benefício foi prorrogado até dia 21 de dezembro.

Mais notícias