https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/05/DSC_0103.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Educação

Inicia fase municipal dos jogos escolares

Dayana Soares
20.05.2019 15:06
Atualizado 20.05.2019 às 15:06

Para o estudante William Santiago, do 9º ano da escola Frei Heitor Maria Turrini, estar entre os primeiros esportistas a abrir a temporada municipal dos Jogos Escolas em Rio Branco é motivo de alegria. “É uma sensação boa, nós fomos os primeiros a ganhar, o nosso time está muito bom, o pessoal é unido”, comemora.

O confronto que deu início à fase Rio Branco, entre as equipes de futsal das escolas Djalma Teles e Frei Heitor Maria Turrini, ocorreu na manhã dessa segunda, 20, no Ginásio Álvaro Dantas. Quem levou a melhor foi a equipe da Frei Heitor. “É divertido representar a escola. Na última edição nós fomos até as quartas de finais, esse ano vamos mudar essa história”, garante William.

A primeira partida da temporada ocorreu entre escolas Djalma Teles e Frei Heitor Maria Turrini (Foto: Dayana Soares)

Ao todo, 14 partidas de futsal ocorrerão nesta segunda. Além do Ginásio Álvaro Dantas, o Centro Integrado Esportivo (CIE) e a quadra do Colégio Acreano também serão palco dos jogos. Mais de 50 escolas competem nessa modalidade que encerra a temporada no dia 17 de junho.

Quem também estava ansiosa e garantindo que iria à final era a estudante Isabela Pereira, do 7º ano da Escola Santa Maria II. Apesar de já ter competido em jogos de interclasse, essa é a primeira vez que a jovem participa das competições. “Estou muito ansiosa. Quero chegar até o nacional e acredito nisso”.

Equipe da escola Santa Maria II animada para as competições (Foto: Dayana Soares)

Em Rio Branco, 4.182 estudantes e 98 escolas participam das competições que, além do futsal, englobam as modalidades vôlei, vôlei de praia, basquete, handebol, xadrez, tênis de mesa e ginástica rítmica. A fase municipal encerra no final de junho.

Segundo o chefe do departamento de Esportes, Júnior Santiago, as competições têm um papel social importante na vida dos estudantes. “Os jogos escolares, além de serem o carro chefe no esporte educacional, também têm um papel de inclusão social e no desenvolvimento dos estudantes. Daqui são selecionados os atletas que saem para as escolinhas de base. Essa é a grande importância, formar atletas e cidadãos”.

Mais notícias