https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/06/MG_0038.jpg?resize=1000%2C400&ssl=1
Economia

Major Rocha recebe representantes de multinacional para discutir instalação no Acre

Emilly Souza
27.06.2019 10:32
Atualizado 27.06.2019 às 10:32

O vice-governador Major Rocha esteve reunido nesta quarta-feira, 26, na Fazenda Providência, localizada no Ramal Copaíba, Km 18 da BR-364, com representantes da empresa Sambazon do Brasil. Na pauta foram discutidas a possibilidade da abertura de uma filial da empresa no Acre.

A visita foi para conhecer as potencialidades que o estado tem a oferecer para a instalação da multinacional no Acre. Segundo o diretor de Operações da empresa Sambazon, Mauricio Navega da Silva Castro, estão sendo analisadas as condições de infraestrutura, energéticas e o apoio institucional.

A empresa Sambazon é uma empresa multinacional que trabalha com exportação e importação de produtos derivados do açaí e está no mercado desde 2000.

O vice-governador apresentou os pontos favoráveis do Estado, como a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e a área para a instalação da empresa, sendo o Acre o único estado da Região Amazônica a possuir uma ZPE e o segundo no Brasil a possuir alfandegamento. “Estamos mostrando a eles o nosso potencial para que eles possam investir no Estado”, destacou o vice-governador.

Representantes conhecem a Fazenda Providência Foto: Netto Lucena

Em média, a empresa realiza de três a cinco visitas técnicas de investigação antes que decida se fixar em um local. “Desse primeiro encontro estamos saindo com pontos muito positivos para serem colocado para a empresa”, destacou Maurício Castro.

“Eu acredito que o caminho para que o Acre se torne viável economicamente é o agronegócio”, ressaltou o empresário José Augusto de Faria, que acompanhou a comitiva.

Benefícios para o Acre

Com a exportação do açaí, a balança comercial do Estado aumentaria, além do incremento no Produto Interno Bruto (PIB) com o volume de exportação, gerando também empregos diretos e indiretos.

A empresa trabalha com açaí orgânico, certificação e cursos preparatórios para os extrativistas e tem como missão atuar de maneira sustentável, devolvendo à natureza o que foi extraído.

Mais notícias