https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/06/806121972_326821-1.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Cidades do Acre

Moradores de Marechal Thaumaturgo comemoram chegada do programa ‘Ramais do Acre’

Resley Saab
06.06.2019 7:13
Atualizado 06.06.2019 às 11:10

Governador lançou Operação Ramais do Acre e garantiu o atendimento a uma série de outras demandas. Entre elas está a construção de uma nova pista de pouso e a legalização de terras

Uma multidão foi às ruas de Marechal Thaumaturgo para saudar a caravana liderada pelo governador Gladson Cameli, na tarde desta quarta-feira, 5, anunciando a ‘Operação Ramais do Acre’.

Fogos de artifício saudavam o governador já nas escadarias às margens do rio Juruá, enquanto ele era abraçado pela população, a maioria pequenos agricultores e donas de casa que tanto esperavam pela força do estado para impulsionar a produção rural.

Uma multidão foi às ruas de Marechal Thaumaturgo para saudar a caravana liderada pelo governador Gladson Cameli, na tarde desta quarta-feira, 5, anunciando a ‘Operação Ramais do Acre’. (Fotos: Marcos Vicentti/Secom)

No município que tem a maior diversidade de feijão – e também de maior qualidade no estado –, melhorar o tráfego de ramais e desobstruir igarapés e pequenos afluentes do rio Juruá são tarefas fundamentais para aumentar a qualidade de vida e a renda das pessoas que vivem da agricultura familiar.

Dos R$ 10 milhões da Operação Ramais do Acre, R$ 72.450 serão destinados para Marechal Thaumaturgo, e que servirão para adquirir 15 mil litros de combustível. Há ainda a possibilidade da prefeitura local de converter 30% desse montante na compra de peças e manutenção de maquinário próprio para a recuperação desses ramais.

O município tem a menor malha viária vicinal do estado: são apenas 35 quilômetros de ramais. Em compensação, a maioria da sua população vive na zona rural. São 12.575 pessoas vivendo essencialmente da agricultura e do agroextrativismo, enquanto que somente 4.652 estão na zona urbana.

A assinatura do convênio, que transferiu os recursos à Prefeitura de Marechal Thaumaturgo, ocorreu na Câmara de Vereadores e tornou-se uma audiência pública informal, pela qual a população pôde perguntar e conversar livremente sobre os seus anseios com o governador Gladson Cameli.

A assinatura do convênio, que transferiu os recursos à Prefeitura de Marechal Thaumaturgo, ocorreu na Câmara de Vereadores. (Fotos: Marcos Vicentti/Secom)

“Queremos que todos vocês [agricultores] possam estar comercializando sua produção com eficiência, quando os ramais e as vias fluviais estiverem em condições. Nosso desejo é que o estado compre seus produtos para a merenda escolar e para os hospitais da região”, afirmou o governador.

Para o prefeito Isaac Pianko, a parceria com o governo do estado é essencial num município que ele classifica de ‘diferenciado’ dos demais. “É um município de fronteira e sem ligação terrestre com os demais. Por isso, necessita de uma logística melhorada. Temos produtores de frango caipira, de arroz e de feijão. E temos colonos que produzem, mas não têm a legalização fundiária para contraírem investimentos”, diz o administrador.

O município necessita de uma logística melhorada. (Fotos: Marcos Vicentti/Secom)

Além do assunto principal, o governador anunciou que vai licitar as obras para a pista de pouso do município, hoje esburacada e precisando de restauração ao longo de todo o pavimento, e que será feita de concreto, a exemplo dos demais municípios vizinhos.

Gladson Cameli pediu ainda que o município faça um levantamento das principais demandas na Saúde para que possa ampliar a parceria do estado com a prefeitura no setor. Ele anunciou ainda que está retomando as obras inacabadas do Departamento Estadual de Água e Saneamento na cidade e que vai solicitar a regularização fundiária e ambiental de todos os produtores que ainda estão trabalhando sem esse benefício.

Participaram também do lançamento da Operação Ramais do Acre o engenheiro Ítalo Medeiros, presidente do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre, o também engenheiro Thiago Caetano, secretário de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, o deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), o secretário de articulação política do governo, Vagner Sales e o representante da Câmara de Vereadores de Marechal Thaumaturgo, vereador Zeca do Assis (MDB).

Mais notícias