https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/07/Conselho-Municipal-de-Turismo.jpg?resize=800%2C400&ssl=1
Economia

Municípios do Acre avançam na criação do Conselho Municipal do Turismo

Nonato Vianna
04.07.2019 10:51
Atualizado 04.07.2019 às 11:33

Segmento movimenta 57 setores da economia brasileira

O turismo vem crescendo cada vez mais como atividade econômica capaz de promover o desenvolvimento em todas as regiões do país. O sucesso deste setor está relacionado diretamente às parcerias entre poder o público, a iniciativa privada e a sociedade civil.

O Conselho Municipal de Turismo é o primeiro passo para pensar e debater políticas públicas para o desenvolvimento integrado de ações que irão consolidar a atividade turística no âmbito econômico, cultural, social e ambiental. Trata-se de um canal efetivo de participação de todos os entes envolvidos no setor, com finalidade de implementação, monitoramento, avaliação e solução de continuidade de políticas públicas mais eficientes.

Por essa razão, o governo do Acre por meio da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo, tomou a iniciativa de mobilizar e orientar os gestores municipais sobre a importância de criarem conselhos, com o objetivo de avançar ainda mais nas políticas públicas do turismo municipal, de forma eficiente, sustentável e visando movimentar a economia dos municípios e do estado.

No modelo de gestão descentralizada do turismo, adotado pelo Ministério do Turismo, a distribuição dos poderes se constitui em canais de interlocução entre as diferentes esferas da gestão pública e as diferentes escalas de representação da iniciativa privada e do terceiro setor. Isso possibilita a articulação de todos os atores envolvidos no turismo para a execução dos programas e ações propostos.

A criação e consolidação dos Conselhos Municipais de Turismo são vitais para dar continuidade às políticas adotadas pelo colegiado e o desenvolvimento de planas e diretrizes coerentes com a realidade local dos municípios.

Os gestores dos municípios de Rio Branco, Xapuri, Capixaba, Epitaciolândia, Brasiléia, Assis Brasil, Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá e Plácido de Castro, além do Conselho Municipal de Turismo também criaram o Sindetur.

Já estão devidamente formalizados no Mapa do Turismo Brasileiro as seguintes rotas: Os Caminhos da Revolução (Plácido de Castro e Porto Acre); Caminhos das Aldeias e Biodiversidades (Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Taumaturgo, Porto Walter, Sena Madureira e Tarauacá); Conheça Rio Branco (Rio Branco); Caminhos do Pacífico (Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil) e Caminhos de Chico Mendes (Xapuri).

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, sancionou a Lei Complementar nº 63, de 1° de julho de 2019 aprovada pela Câmara Municipal, que cria o Departamento e o Conselho Municipal de Turismo da capital, em solenidade realizada no auditório da prefeitura, que contou com a presença de representantes do poder legislativo municipal, secretários e servidores municipais e empresários.

Na solenidade realizada no auditório da prefeitura, a gestora também aderiu ao desafio sugerido pela secretária de Estado de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique: a criação do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Rio Branco.

Prefeitura aderiu à criação do Centro de Atendimento ao Turista em Rio Branco Foto: Val Fernandes

Eliane Sinhasique destacou o do trabalho desenvolvido pela secretaria. “Isso é fruto de um trabalho de conscientização e apoio técnico da nossa equipe de Regionalização do Turismo da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo aos gestores municipais. Estamos para apoiar e incentivar esse setor que movimenta 57 setores da economia. Obrigada a todos os prefeitos que se sensibilizaram e tomaram essas importantes iniciativas para seus municípios. Agora é fazer projetos, propaganda de seus pontos turísticos e preparar o povo para receber os turistas que querem viver a experiência de estar no Acre”.

Mais notícias