https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/11/novembro-azul.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Saúde

Novembro Azul: homens como sujeitos do cuidado

Da Redação
02.11.2018 13:00
Atualizado 05.11.2018 às 16:47

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os homens vivem em média sete anos menos que as mulheres. Isso acontece porque grande parte do público masculino não mantém o hábito de cuidar da própria saúde e ir ao médico regularmente.

Neste mês tem início a campanha denominada Novembro Azul, que vem para tentar mudar essa realidade e fazer com que os homens passem a se cuidar mais, principalmente quando se fala de saúde preventiva. As ações de conscientização da saúde do homem foram intensificadas e abordam o combate e a prevenção ao câncer de próstata, um dos tipos da doença que mais atinge a população masculina.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, o de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros, tanto que a estimativa é de que até o fim deste ano registre-se a marca de 68,2 mil novos casos.

Com o tema “Novembro Azul: Homens como sujeitos do cuidado”, no Acre, o mês alusivo chega com um novo slogan: “Homem, da infância à velhice, cuide de sua saúde de novembro a novembro”.

Durante todo o mês, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão voltando a atenção para os homens, reforçando os serviços oferecidos para esse público, como testes rápidos, teste de glicemia, verificação de pressão e consultas em geral.

“Vamos trabalhar a saúde do homem o ano todo, mas neste mês queremos reforçar esse trabalho. Nosso objetivo é fazer com que os homens se cuidem mais. É melhor manter uma frequência ao médico evitando doenças graves e possíveis complicações, do que só buscar um atendimento quando se está com doenças em situações mais avançadas”, diz Jocelene Soares, gerente da Divisão de Saúde do Homem.

Como parte da programação, no dia 9, sexta feira, serão realizadas ações educativas e consultas médicas na Policlínica do Tucumã.

Mais notícias