https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/DSC0237.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Cidades do Acre

Novo poço artesiano é perfurado em Cruzeiro do Sul

Cleide Elizabeth
03.09.2019 13:44
Atualizado 03.09.2019 às 13:44

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), com apoio do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), iniciou na sexta-feira, 2, a perfuração de novo poço artesiano na cidade de Cruzeiro do Sul.

Com mais de 100 metros de profundidade, o poço terá revestimento especial de 110 mm, com tubos geomecânicos (fabricados em PVC e com nervuras externas, em forma de cunha, com o objetivo de melhorar as características hidráulicas e mecânicas dos filtro e dos tubos de revestimento), e  funcionará como reservatório para  a nova UPA em construção no município de Cruzeiro do Sul.

Além dos poços de Cruzeiro do Sul, outros três ainda serão perfurados para atender a necessidade de abastecimento das unidades de outros municípios do Juruá Foto: Cleide Elizabeth

Deixada inacabada pela gestão anterior, a obra da UPA de Cruzeiro do Sul foi  retomada pela nova gestão de Gladson Cameli  no início deste ano e está em fase de conclusão. Com inauguração marcada para o próximo dia 28, a nova UPA contará com 22 leitos separados para homens, mulheres e crianças, além das salas de observação individual e de urgência.

Quando estiver funcionando, além de Cruzeiro do Sul, a nova unidade atenderá também a população dos municípios de Mâncio Lima e Rodrigues Alves, no Acre, e de Guajará, no Amazonas, alcançando mais de 120 mil pessoas, segundo estimativa da Secretaria de Estado de Saúde.

O poço artesiano da UPA de Cruzeiro do Sul é o segundo perfurado pelo Depasa para melhorar o abastecimento de água nas unidades de saúde do estado. O primeiro foi para atender a necessidade de consumo da maternidade de Cruzeiro. “Além dos poços de Cruzeiro Sul, outros três ainda devem ser perfurados para melhorar o abastecimento em unidades de saúde de outros municípios da região do Juruá”, lembra o diretor presidente do Depasa, Zenil Chaves.

Mais notícias