https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/Chandless-Floresta.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Governo

Pesquisadores de Nova York e Rio ofertam curso sobre plantas no Parque Chandless

Katiúscia Miranda
04.04.2019 17:31
Atualizado 05.04.2019 às 18:56

Pesquisadores de Nova York e Rio de Janeiro estão no Acre realizando o “Curso Monitoramento de Plantas: Coletas e Identificação de Amostras Botânicas”. A formação está ocorrendo no Parque Estadual Chandless e conta com a participação de representantes comunitários de seis Unidades de Conservação (UCs).

A frente do trabalho estão representantes do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ), e do New York Botanical Garden (NYBG).

Os participantes do curso vão aprofundar conhecimentos técnicos sobre o que é um herbário, e quais as suas funções, ferramentas e materiais utilizados para coleta botânica, aspectos da biodiversidade e da conservação no Brasil e Amazônia, uso de dados ambientais e do monitoramento na gestão, uso e conservação dos recursos naturais, entre outros temas relacionados com o monitoramento de plantas.

São parceiros da atividade, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Acre (Sema), a Universidade Federal do Acre (UFAC), a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), o Laboratório de Produtos Florestais/Serviço Florestal Brasileiro (LPF/SBF) e o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE). A carga horária do curso é de 108 horas, com duração de 12 dias.

Os cursistas vão aprofundar conhecimentos sobre aspectos da biodiversidade e da conservação no Brasil (Foto: Arquivo Sema)

Serão oferecidos dois cursos em dois mosaicos de Unidades de Conservação na Amazônia. O primeiro no Chandless, de 3 a 14 de abril, conta com a participação de representantes de Unidades de Conservação do Parque Estadual Chandless, Reserva Extrativista Chico Mendes, Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema, Reserva Extrativista Alto Tarauacá, Reserva Extrativista Riozinho do Liberdade, Reserva Extrativista do Juruá e Parque Nacional da Serra do Divisor.

O segundo curso será realizado na Floresta Nacional do Tapajós (PA), no mês de junho e terá como participantes representantes do Estado do Pará, composto pelas seguintes UCs: Floresta Nacional do Tapajós, Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, Reserva Extrativista Renascer, Floresta Nacional Mulata e Parque Nacional da Amazônia.

A realização do curso conta com o apoio da Tinker Foundation, do Programa ARPA e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Acre, através do Parque Estadual Chandless.

Mais notícias