https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2009/06/fotos_0001_maio_2009_dinheiro.jpg?resize=780%2C400&ssl=1
Segurança

Polícia Civil prende quadrilha que falsificava dinheiro no Juruá

Assessoria de Comunicação/PC
02.06.2009 14:29
Atualizado 02.06.2009 às 14:29

Ação envolvendo policiais da região e da capital garantiu a prisão de dois integrantes em menos de 24 horas

dinheiro.jpg

Dinheiro falso apreendido pela Polícia Civil (Foto: Assessoria PC/AC)

Em uma ação precisa, a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul desarticulou e prendeu integrantes de uma quadrilha de falsificadores de dinheiro, que promoviam derrame de cédulas falsas nos municípios da região do Juruá.

Os falsificadores, segundo a investigação do delegado Cleylton Videira dos Santos, causaram prejuízos para dezenas de comerciantes de diferentes ramos. Conforme a investigação da Polícia Civil, um homem de 19 anos é tido como um dos líderes da quadrilha.

Ele foi preso na madrugada do último sábado (30), quando tentava "passar" notas falsas no município de Mâncio Lima, a 39 quilômetros de Cruzeiro do Sul. Ele agia sob orientação de outros criminosos e foi autuado em flagrante, pela prática do crime de estelionato.

Com Leomar, foi apreendido cerca de R$ 200 em notas de 50 e 10. O delegado de Polícia Civil comandou uma equipe de investigadores de Cruzeiro do Sul, reforçada por policiais civis da capital. Em menos de 24 horas a Polícia Civil prendeu outro integrante da quadrilha que vinha distribuindo cédulas falsas na região. Sua prisão foi realizada na noite do mesmo dia, no centro de Cruzeiro do Sul.

Ele foi preso em uma casa noturna, a poucos metros da delegacia geral do município. Com ele foram encontrados, mais R$ 410 em cédulas de 100 e 10 Reais, que estavam escondidas em baixo do banco da motocicleta.

O homem preso na casa noturna foi encaminhado na mesmo noite à delegacia da Polícia Federal (PF) daquele município, onde foi autuado em flagrante delito pela posse e falsificação de moeda nacional. Segundo o delegado Cleylton Videira, as investigações acerca do caso vão continuar, uma vez que, outras vítimas da quadrilha já procuraram a delegacia.

"Mesmo se tratando de investigações a serem realizadas pela Polícia Federal, iremos buscar informações que possam subsidiar novos trabalhos. Graças a ações como essas, evitamos que novas vítimas fossem lesionadas na cidade de Cruzeiro do Sul, e nas demais cidades que compõe a região do vale do Juruá", completou o delegado.

Mais notícias