https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/02/GUR_4895.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Polícia Civil prende advogado que se dizia pertencer a facção criminosa

Vânia Andrade
07.02.2019 23:28
Atualizado 07.02.2019 às 23:33

Indivíduo foi condenado a mais de 7 anos; ele ostentava uma submetralhadora nas redes sociais

A Polícia Civil do Estado do Acre prendeu nesta quinta-feira, 7, um advogado condenado por organização criminosa e posse ilegal de arma de fogo. Manoel Elivaldo Batista de Lima Junior foi sentenciado a 7,2 anos de prisão, mas atualmente cumpria pena em regime de semiliberdade.

Advogado no momento da prisão (Foto: Polícia Civil)

Os policiais deram cumprimento a mandado de prisão ao indivíduo, que foi preso no centro de Rio Branco. Lima Junior ficou conhecido por publicar vídeos numa rede social manuseando uma submetralhadora, em 2017.

Na ocasião, ele afirmava ser membro de uma facção. Foi preso preventivamente também pela Polícia Civil, em novembro de 2017 e seguiu recluso até fevereiro de 2018, quando teve a prisão revogada. Na época, Júnior teve ainda sua inscrição na Ordem dos Advogados Brasil suspensa preventivamente por 90 dias.

Mais notícias