https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/05/WhatsApp-Image-2019-05-23-at-09.58.05-1.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Polícia Militar se reúne com gestores de escolas e intensifica ações de segurança

Lilia Camargo
23.05.2019 16:22
Atualizado 23.05.2019 às 16:22

Nesta quinta-feira 23, a Polícia Militar, por intermédio da Coordenação de Polícia Comunitária, iniciou uma série de visita a escolas da rede pública de ensino, para colocar em prática o reforço do planejamento estratégico de prevenção e combate a crimes em regiões escolares. A ação teve início às 8 horas na Escola Lourival Pinho, região do Segundo Distrito de Rio Branco, e se estendeu a outras 17 escolas localizadas em áreas de maior vulnerabilidade criminal.

A ideia é dialogar com os gestores de cada instituição de ensino e coletar os principais problemas relacionados à segurança, para então desenvolver estratégias de combate, de acordo com a necessidade de cada escola, além de manter o policiamento escolar que envolve policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

Os militares visitaram 18 gestores de escolas nesta quinta-feira (Foto: cedida)

“Hoje são 14 policiais divididos em seis viaturas para a execução do serviço em 18 escolas onde há um índice maior de criminalidade. A ação não acaba hoje, todo dia vamos estar nos reunindo com gestores. Começou na escola Lourival Pinho por problemas de violência registrados no entorno. Com o apoio dos batalhões de área poderemos intensificar atividades que promovam uma maior segurança dos alunos”, disse o tenente-coronel Denilson Lopes, coordenador do projeto.

Outra ação que está sendo desenvolvida pela Polícia Militar em parceria com a Secretaria de Educação, Esporte e Cultura é a implementação do serviço de vídeo-monitoramento em escolas. “Nós vamos proporcionar a essas escolas acompanhadas, um policiamento com trabalhos desenvolvidos pelo Proerd. E a noite, como também nos finais de semana, vamos estar com uma equipe de policiais da reserva, atentos com o vídeo-monitoramento afim de evitar qualquer ação delituosa que possa ocorrer naquela unidade de ensino”, finalizou.

Mais notícias