Meio Ambiente

Política indígena do Acre é destaque na Convenção de Biodiversidade Biológica

Da Redação
05.06.2008 11:03
Atualizado 05.06.2008 às 11:03

Participação das comunidades tradicionais nas discussões sobre desenvolvimento foi um dos temas discutidos em encontro.

As políticas públicas do Acre para o setor indígena foram apresentadas na Convenção de Biodiversidade Biológica, ocorrida em Bonn, na Alemanhã. Haru Kotanawua, representante acreano no encontro, detalhou os projetos de desenvolvimento implantados pelo Governo do Acre nos últimos nove anos e como as 14 etnias acreanas têm participado do processo de inclusão econômica. Mas, ele reconhece que a experiência acreana ainda é uma exceção. “No geral, as pessoas falam muito dos indígenas, mas nossa participação ainda é limitada” diz o índio.

Kotanawa foi um dos destaques do evento, ocorrido em maio. Ele enfatizou que a convenção não se restringiu à questão indígena, mas "a todas as pessoas que querem colocar a agenda ambiental como a principal agenda do século XXI".

O encontro também abordou os problemas relacionados à biopirataria e o aquecimento global. 

Mais notícias