https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/07/Foto.-Odair-Leal-Sesacre-2-1.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Saúde

Profissionais de saúde recebem capacitação sobre modelos anatômicos 3D

Taís Nascimento
12.07.2019 15:18
Atualizado 12.07.2019 às 16:23

Ao menos 30 profissionais da Saúde do Estado, entre cirurgiões, tecnólogos e técnicos radiologistas, foram escolhidos para participarem de uma capacitação como resultado do projeto de pesquisa “Modelos Anatômicos 3D: tecnologia e inovação aplicadas ao SUS/AC”, do professor doutor Yuri Karaccas.

Dos objetivos específicos da pesquisa destacam-se a criação e avaliação dos modelos anatômicos 3D para educação continuada dos profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) do Acre e instrução de pacientes pré-cirúrgicos.

“A partir dessa capacitação, o profissional pode, por exemplo, ver as demandas do seu setor. De repente o médico percebe algo e vê que pode ser feito um planejamento cirúrgico. O profissional vai estar capacitado, vai conhecer o software, e vai saber manipular a máquina. Quando eu fiz essa pesquisa pensei no baixo custo, justamente para desvencilhar e destravar qualquer forma que possa impossibilitar de isso ser acessível”, explicou o professor Yuri Karaccas, da Universidade Federal do Acre.

Um dos objetivos da pesquisa é a criação e avaliação dos modelos anatômicos 3D para educação continuada dos profissionais do SUS  Foto: Odair Leal/Sesacre

A tecnologia 3D já é uma realidade em outros países. No Brasil, essas impressões são usadas para fins educacionais de profissionais na saúde e para o médico fazer o planejamento cirúrgico, possibilitando maior precisão no momento da cirurgia.

“Quando o médico materializa o problema, ele pode fazer um planejamento cirúrgico. Fazendo isso, ele ganha tempo e é mais assertivo porque quando ele abre o paciente, já sabe o que vai encontrar. Isso gera duas coisas: economiza tempo e dinheiro, pois se faz um procedimento mais rápido. E ainda proporciona maior êxito e menor risco de morte ao paciente”, disse o professor.

O paciente também ganha com essa tecnologia, tendo em vista que o médico pode explicar de forma prática sobre o problema e como será o procedimento cirúrgico.

“Quando se cria um modelo desse você pode, primeiro, instruir o seu paciente melhor. Ele pode ter uma consciência melhor daquilo que vai ser feito nele. Então, alguns medos, entraves que o paciente possa ter, diminuem quando ele vê o modelo e compreende o problema. Quem não entende melhor quando vê um objeto, quando pode apalpar aquilo e dizer: ‘essa é minha doença, é assim que está o meu organismo'”, destacou Yuri.

Professor doutor Yuri Karaccas capacitou os profissionais do Estado Foto: Odair Leal/Sesacre

A pesquisa “Modelos Anatômicos 3D: tecnologia e inovação aplicadas ao SUS/AC” foi resultado do Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre (Fapac).

A parceria entre Sesacre e Universidade Federal do Acre possibilitará ao profissional aluno da capacitação um apoio quando houver a necessidade da impressão 3D.

“O professor doutor Yuri vai poder nos ajudar quando o profissional ver a necessidade. Daí nós fazemos o contato e ele acata as nossas necessidades. A universidade é extremamente parceira, como as demais outras instituições”, comentou Stelita Bento, do setor de Ensino e Pesquisa da Sesacre.

Mais notícias