https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/projeto-4.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Projeto Embaixada Jovem Militar recebe visita dos alunos soldados da Polícia Militar

Alamara Barros
20.08.2019 17:12
Atualizado 20.08.2019 às 17:12

O trabalho da Polícia Militar vai muito além da repressão ao crime, do atendimento a ocorrências ou até mesmo das prisões efetuadas por quem comete delito. A corporação desenvolve com os jovens e adolescentes projetos de cunho social e preventivo no combate à violência e à criminalidade.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, por meio da Coordenação do Policiamento Comunitário (CPCom), em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (SEE), desenvolve desde junho deste ano o projeto Embaixada Jovem Militar. A ação que já foi desenvolvida na Baixada da Sobral, atende agora a comunidade do bairro Hélio Melo (Sapolândia) e adjacências, na Escola de Música do Tucumã.

Alunos soldados da PM, visitam projeto Embaixada Jovem Militar Foto: Elenilson Oliveira

O Embaixada Jovem Militar atende jovens de 14 a 20 anos e tem por objetivo despertar a liderança para promover uma cultura de paz, além da interação entre a polícia e a comunidade.

“Este projeto faz parte das ações preventivas de segurança desenvolvidas nos bairros, conforme planejamento da Secretaria de Segurança Pública, e a ideia é chegar no maior número possível de jovens que vivem em situação de vulnerabilidade”, informou o tenente-coronel Denilson Lopes.

Na manhã desta terça-feira, 20, os alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSD/2019), acompanharam de perto como funciona o projeto e puderam compreender a importância que a atividade tem na vida dos jovens que participam do projeto.

“Estou achando muito bom, tendo em vista que o trabalho da polícia, além de ser repressivo também é preventivo. Isso futuramente vai trazer consequências para esses jovens, que poderiam ser recrutados para a vida do crime e não vão mais optar por essa decisão”, observou a aluna soldado Myrla Brilhante.

Para o aluno soldado, Rafael Cavalcante, a educação é a base para uma sociedade justa e tranquila e o projeto tem passando ensinamentos fundamentais a esses jovens no sentido de preveni-los do mundo das drogas e da criminalidade.

“Nós como alunos soldados nos sentimos muito satisfeitos com esse projeto, por começar a fazer parte de ações como esta, pois daqui a sete meses vamos estar nas ruas levando à comunidade um policiamento de prevenção, orientação e conscientização porque os jovens também precisam disso”, finalizou.

Mais notícias