https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/07/WhatsApp-Image-2019-07-06-at-10.36.04-1.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Geral

Projeto ‘Juntos por Elas’ é discutido entre lideranças femininas

Luana Lima
08.07.2019 15:07
Atualizado 08.07.2019 às 15:35

Programação acontecerá do dia 15 a 17 de julho em alusão aos 13 anos da Lei Maria da Penha e a Quinzena da Mulher Negra

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas Públicas para as Mulheres (SEASDHM) e da Diretoria de Políticas Públicas para as Mulheres, realizou na última semana uma reunião com lideranças femininas para tratar do Projeto ‘Juntos por Elas’, no auditório da Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC).

Lideranças indígenas, camponesas, igualdade racial, representantes do Ministério Público do Acre (MP/AC), Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC), Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC), Ordem dos advogados do Brasil- seccional Acre (OAB/AC), pela  Comissão da Mulher Advogada,  estiveram no evento para debater a programação que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de julho, em alusão aos 13 anos da Lei Maria da Penha e a Quinzena da Mulher Negra.

A diretora de Políticas Públicas para as Mulheres, Isnailda Godim, explicou que o projeto reúne vários segmentos. “Nossa intenção é chamar a atenção da sociedade para os vários tipos de violências. Temos que nos unir e lutar pelo combate à violência”, disse.

Lideranças femininas reunidas no auditório da Aleac para discutir a programação do projeto ‘Juntos por Elas’ Foto: Cedida

“Se salvarmos uma mulher, saberemos que nosso esforço valeu a pena. Vamos fazer a nossa parte e plantar essa semente no coração de cada participante dos eventos e quem sabe poderemos formar vários multiplicadores dos Direitos e em defesa das mulheres de nosso Estado”, completou Isnailda Godim.

A programação terá a participação especial da major Denice Santiago, idealizadora da Ronda Maria da Penha de Salvador-Bahia, a participação do sargento PM Djair Moura desenvolvedor da Ronda para Homens, premiado em Londres, e do Presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE), deputado Kennedy Nunes, que vem desenvolvendo um importante trabalho em defesa da vida, levando a todo Brasil o Seminário em Promoção e Defesa da Cidadania, incluindo, dentre os temas, o debate sobre Violência Contra a Mulher.

 

Mais notícias