https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/DSC_9058.jpg?resize=1024%2C400&ssl=1
Educação

Projeto Olhar Digital realiza ação na comunidade Cazumbá

Stalin Melo
03.08.2019 15:23
Atualizado 03.08.2019 às 15:31

Uma importante ação da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão de Assistência Educacional e Saúde foi realizada na última sexta-feira, 3, na Reserva Extrativista Cazumbá, localizada no município de Sena Madureira, com os alunos das redes estadual e municipal.

Tratou-se do Projeto Olhar Digital, que atendeu mais de 90 alunos, tanto da Escola José Siqueira dos Santos (Estadual) quanto da Escola Cazumbá (Municipal). Uma triagem foi realizada com os alunos a fim de verificar a necessidade de uma consulta com um médico oftalmologista no município de Sena Madureira.

Exame foi realizado com um aparelho chamado autorrefrator. Foto: Stalin Melo

Entre os alunos atendidos está Gleciane dos Santos Silva, que estuda no terceiro ano da escola José Siqueira dos Santos. Ela conta que tem dificuldade em enxergar o quadro e essa triagem veio em boa hora. “Aqui existem pessoas que necessitam e não tem condições de fazer esse tipo de exame”, fez questão de dizer.

Gleiciane: “Essa ação veio em boa hora”.
Foto: Stalin Melo

De acordo com o chefe da Divisão, Rutênio Sá, a ação é um compromisso do governador Gladson Cameli e do secretário Mauro Sérgio Cruz (SEE) em detectar os alunos que possuem distorção na refração. Para isso, foi um utilizado um aparelho chamado autorrefrator que detecta a necessidade do exame.

“Numa linguagem mais comum, detectar aqueles alunos que tem problema de grau a fim de passar por uma consulta final de um médico oftalmologista, o que será realizada já no município de Sena para, em um outro momento, fazer a confecção dos óculos”, explicou Rutênio.

Desta ação realizada no Cazumbá, em torno de 14 alunos necessitarão se deslocar até o município de Sena para realizar a consulta. Tudo está sendo feito em parceira com a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e a prefeitura de Sena Madureira. “Com isso, vamos melhorar os níveis de aprendizagem dos nossos alunos”, enfatizou.

Rutênio explicou ainda que as ações no Cazumbá tratam-se de um projeto-piloto e que, futuramente, a meta é expandir para outras comunidades. “Como esse projeto-piloto está sendo desenvolvido em uma comunidade um pouco distante, a gente já consegue descobrir e planejar uma futura logística para outras comunidades”, disse.

 

Mais notícias