Apoio à industrialização

Rocha visita indústria com empresários japoneses e diz que novos empreendimentos têm apoio do governo

Segundo o gestor, todo o esforço vem sendo realizado para que novos empregos sejam gerados por meio da instalação de novas empresas no Acre

O governador do Estado Acre em exercício, Major Rocha, visitou nesta terça-feira, 3, as instalações da Calixto Foods, indústria que beneficia castanha, açaí e amendoim para o mercado nacional e internacional, a partir de sua unidade localizada no Distrito Industrial de Rio Branco.

Rocha elogiou a ousadia do grupo empresarial em investir no Acre e ressaltou que empreendimentos como este são muito bem vindos e contam com o apoio do Governo do Estado.

Indústria beneficia castanha, açaí e amendoim para o mercado nacional e internacional Foto: Cedida

“Este é o Acre que estamos construindo para o futuro. Queremos que mais empresas sejam instaladas em nossa região porque o nosso estado tem um enorme potencial a ser explorado, além disso, a população também ganha com a geração de novos postos de trabalho. No que depender da nossa parte como governo, estes empreendimentos contarão com nosso apoio e a segurança necessária para fazer seus investimentos”, pontuou.

Acompanhado do deputado estadual José Bestene e de um grupo de japoneses que está interessado em fechar negócios com a empresa alimentícia, o governador em exercício conheceu todo o processo industrial desde a chegada da matéria-prima até a embalagem final do produto.

“Alguns de nossos produtos são exclusivos da região amazônica e, por isso, têm apelo mundial, como é o caso da castanha e aqui presenciamos o interesse dos japoneses em comprar a produção desta empresa. É exatamente este Acre próspero que queremos e vamos resgatar”, observou Rocha.

Rocha elogiou a ousadia do grupo empresarial em investir no Acre Foto: Cedida

O comércio da castanha é responsável pelo emprego de milhares de famílias que vivem na Amazônia. O valor do produto é cada vez mais importante para a econômica desses locais. O empresário Yamashita Sato conta que não conhecia o Acre e que ficou impressionado com o potencial do estado.

“O Oriente consome muitos produtos brasileiros. Daí nosso interesse em conhecer cada vez mais essa região, sobretudo, pela riqueza de seus produtos. Senti-me muito à vontade aqui e volto para o Japão cheio de ideias e com desejo de voltar o mais rápido possível”, comentou Sato.

No final do dia,  empresários japoneses visitaram o Palácio Rio Branco Foto: Odair Leal

Com cenário favorável para a exportação de produtos, o Acre é destaque por sua posição geográfica privilegiada. Além de fazer fronteira com Bolívia e Peru, o estado brasileiro é o que se encontra mais próximo dos países asiáticos, maior mercado consumidor do planeta. Estabelecer de uma vez por todas esta nova rota comercial por meio dos portos peruanos é uma das principais metas do atual governo para que o estado alcance seu verdadeiro desenvolvimento econômico e social.

No final do dia, os empresários japoneses visitaram o Palácio Rio Branco, sede do governo acreano.