https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2009/06/fotos_0101_maio0903_reunio_segurana.jpg?resize=400%2C300&ssl=1
Segurança

Segurança Pública e ONGs preparam ações de combate às drogas

Nonato de Souza, Assessoria/SESP
10.06.2009 16:07
Atualizado 10.06.2009 às 16:07

Nos próximos dias 22 a 26, parceiros realizam Semana Nacional Anti Drogas no Acre

reunio_segurana.jpg

Encontro reuniu principais representantes de ONGs e instituições que atuam na área (Foto: Nonato Souza/Assessoria SESP)

A Secretária de Segurança Pública, Márcia Regina, esteve reunida na manhã desta quarta-feira, 10, com representantes de diversas instituições públicas e ONGs, tratando da programação da Semana Nacional Anti Drogas, entre 22 a 26 deste mês. A Segurança Pública contará com parceiros importantes como o Conselho Estadual de Entorpecentes, Conen; a Central de Articulação das Entidades em Saúde, CADES; Departamento Estadual de Transito, DETRAN; Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência, PROERD; Batalhão do Policiamento Escolar; Secretaria de Esportes Turismo e Lazer, SETUL; e Fundação Cultural Elias Mansour, FEM.

Para definir ações integradas que possam inibir e combater e o uso de drogas ilícitas, estão envolvidos o Núcleo de Apoio Psicológico da Polícia Civil (NAP), Juiz de Direito da Vara de Tóxico e Delitos, Juiz de Direito, Dr. Elcio Sabo Júnior, Coordenação da Associação dos Alcoólicos Anônimos (AAA), Narcóticos Anônimos e Coordenação Municipal de Atenção às Drogas, COMAD.

A Secretária disse que defende uma ação permanente do Conselho Estadual Ante Drogas e para tanto quer ampliar parcerias para que a programação da Semana Nacional Ante Drogas seja um calendário permanente de ações públicas de combate às drogas.

Márcia Regina quer entre as parcerias, o Gabinete de Gestão Integrada da Segurança Pública, (GGI) onde estão presentes todos os órgãos envolvidos com a segurança do Estado. De acordo com secretária, “O combate às drogas é prioridade de Governo e foco do planejamento de redução dos índices de violência”.

O coordenador regional do Conen, professor Mário Elder, explicou que a política de combate às drogas vem se aprimorando e conseguindo novos agentes parceiros a cada ano. “Com a determinação da secretária de fazer um calendário de ações permanentes e o fortalecimento do Conselho é possível que consigamos bons resultados nessa luta”.

Mais notícias