Congresso IUFRO

Sema participa de painel em congresso mundial sobre clima e floresta

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), está presente no 25º Congresso Mundial da União Internacional das Organizações de Pesquisa Florestal (International Union of Forest Research Organizations – Iufro), que pela primeira vez é realizado na América Latina. O evento iniciou no dia 29 de setembro, em Curitiba, e termina no sábado, dia 5.

No evento, em média três mil participantes discutem diversos aspectos ligados à pesquisa florestal. A diretora executiva da Sema, Vera Reis, realizou apresentação oral intitulada “Vulnerabilidade aos eventos extremos climáticos no Sudoeste da Amazônia: um Estudo de Caso da área trinacional da Bacia do Rio Acre, na Região MAP (Madre de Dios-PE, Acre-BR e Pando-BO)”.

No evento, em média três mil participantes discutem diversos aspectos ligados à pesquisa florestal Foto: Cedida

“É uma excelente oportunidade para trocar experiências e conhecimento. Aqui estamos tendo acesso às pesquisas florestais mais recentes. Falei sobre o contexto de transição da região Amazônica em geral e a Bacia do Rio Acre, em particular, que se deparam com a necessidade de adaptação às alterações dos contextos sociais e ambientais, em especial aqueles associados às mudanças climáticas”, afirmou Vera Reis.

O Sudoeste da Amazônia (SWA) abrange a região do MAP (Madre de Diós – Peru, Acre – Brasil e Pando – Bolívia), que sofre com mudanças do clima e impactos antrópicos. O SWA foi o epicentro das secas severas de 2005 e 2010 e Vera Reis explicou que os efeitos das secas em nossas florestas são em grande parte desconhecidos.

O congresso tem como tema “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável” com abordagens sobre as florestas para as pessoas, florestas e mudanças climáticas, florestas e produtos florestais para um futuro mais verde, biodiversidade, serviços ambientais e invasões biológicas e florestas, interações com solo e água.

Análise do CAR

O Acre também esteve presente na discussão sobre a simplificação das análises do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Programa de Regularização Ambiental (PRA). O Serviço Florestal Brasileiro (SFB) lançou a proposta de unir o Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR) à plataforma WebAmbiente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

De acordo com Vera Reis, essa união facilita o processo de análise, já que compreende o cumprimento da legislação e o conhecimento técnico-científico sobre os biomas brasileiros produzido pela Embrapa e disponibilizado em plataforma on-line. “A Sema vai trabalhar nessa proposta com o sistema CNA e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac)”, afirmou.