https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/20190912_090700.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Segurança

Servidores da Polícia Civil participam de palestra sobre combate e prevenção ao suicídio

Gleydison Meireles
12.09.2019 14:22
Atualizado 12.09.2019 às 14:22

Como parte da programação da campanha Setembro Amarelo, a direção-geral da Polícia Civil do Acre (DGPC/AC) ofereceu na manhã desta quinta-feira, 12, um ciclo de palestras sobre suicídio. Participaram do evento, realizado no auditório da instituição, servidores administrativos do órgão, agentes de polícia, escrivães e delegados.

Considerada um dos graves problemas de saúde pública, a depressão atinge grande parte da população e é um dos motivos principais para o suicídio. O combate à depressão e, por consequência, ao suicídio, requer grande cautela por parte das redes de atenção dos órgãos de saúde e também das entidades de apoio psicossocial.

Este é o caso do Centro Integrado de Apoio Biopsicossocial (Ciab), vinculado ao governo do Estado por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o responsável pelo ciclo de palestras ministradas pelo psicólogo Jonathan Gomes, voluntário do Centro.

Delegados Cleylton Videira, Thiago Duarte, e Márdhia El-Shawwa participaram do ciclo de palestras Foto: Gleydison Meireles

“O controle e a prevenção à depressão e ao suicídio não é tarefa fácil. E nós, enquanto Polícia Civil no Estado do Acre, estamos preocupados e trazemos para dentro da nossa Casa esse trabalho, para poder auxiliar e orientar, sobretudo os policiais civis, com relação à percepção dos sintomas e de sinais que indiquem casos de depressão e que possam levar ao suicídio”, disse o delegado Thiago Fernandes Duarte, corregedor da Polícia Civil, que na ocasião representou o delegado-geral da instituição, José Henrique Ferreira Maciel.

Fernandes destacou ainda o trabalho desenvolvido pelos servidores do Ciab. “Hoje estamos recebendo profissionais qualificados em nossa instituição que vão palestrar aos nossos servidores sobre o trabalho preventivo ao suicídio. Temos o Ciab com uma equipe multidisciplinar, principalmente com psicólogos que acompanham a rotina diária dos nossos servidores. São profissionais totalmente capacitados e que desenvolvem um trabalho formidável junto àqueles trabalhadores que precisam do atendimento e do acompanhamento, sempre atuando de forma preventiva para evitar que um mal maior aconteça com os nossos policiais”, enfatizou.

Para a escrivã da Polícia Civil Claúdia Marques, ações como a desenvolvida pela DGPC e Ciab possibilitam uma maior humanização, além de transformar o ambiente de trabalho.

Cláudia Marques: “Ações que humanizam e transformam o ambiente de trabalho” Foto: Gleydison Meireles

“Para os servidores é muito importante participar desses momentos. São ações como essa, desenvolvidas hoje que proporcionam uma melhor forma de humanizar e transformar o ambiente de trabalho. A capacitação dos servidores para a prática do ouvir e ajudar o outro cria uma rede de proteção do bem. Passamos tanto tempo trabalhando que a médio prazo vamos ficando mais cansados, estressados, devido à rotina e à pressão de nossas funções e, então, quanto mais a gente ajudar e estar disposto a escutar, melhor será o ambiente de trabalho”, frisou Marques

Setembro Amarelo

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, sendo que mais dos 90% dos casos estão associados a distúrbios mentais e podem ser evitados se as causas forem tratadas corretamente.

Segundo a OMS,, atualmente no Brasil 32 pessoas tiram a própria vida a cada dia. Isso significa um suicídio a cada 45 minutos. “É por isso que as ações preventivas são fundamentais no sentido de orientar as pessoas a buscarem ajuda especializada”, reforçou o psicólogo Jonathan Gomes, durante sua palestra.

A campanha Setembro Amarelo surgiu em 2015 em Brasília e foi uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV) com o apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido por já existir uma iniciativa anterior, que é o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, lembrado mundialmente todo dia 10 deste mês.

Mais notícias