https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/01/2013_03_marco_thumbnails_thumb_serra_divisor_ft_sergio_vale-6.jpg?resize=610%2C346&ssl=1
Turismo

Turismo: governo valoriza história e riquezas naturais do Acre para fortalecer setor

Mágila Campos
18.01.2019 8:07
Atualizado 18.01.2019 às 16:14

O Acre é conhecido como a terra de Chico Mendes e também como um lugar detentor de belezas naturais únicas, como o Parque Nacional da Serra da Divisor, rios e trilhas ecológicas. Peculiaridades que tornam sua história e região atrativas para o turismo.

Pensando em explorar todo esse potencial turístico do estado, a secretária de Empreendedorismo e Turismo do Acre (SEET), Eliane Sinhasique, se reuniu com o Conselho Estadual de Turismo para tratar sobre as estratégias de fortalecimento dessa atividade nos 22 municípios acreanos.

A gestora lembrou que é preciso fomentar o turismo interno e fortalecer os municípios para que possam explorar suas peculiaridades internas e assim movimentar a economia, gerando emprego e renda para as comunidades locais.

“Nós temos uma riqueza cultural e precisamos nos apropriar disso pelo viés turístico, porque o turista que vem ao Acre deseja vivenciar os modos de vida dos povos da floreta, que é tomar banho de rio, comer um peixe assado na palha de bananeira, uma galinha caipira, e nós precisamos enxergar isso como oportunidade de negócio”, ressalta.

As reservas naturais como o Croa serão fortalecidas como espaços turísticos (Foto: Arquivo Secom)

Turismo de experiência

A ideia, segundo a secretária, que também é presidente do Conselho, é construir um novo momento para o turismo acreano, valorizando a fauna, flora e o misticismo da floresta e despertando nos acreanos o sentimento de pertencimento pelo Acre.

Sinhasique acredita que investir e fomentar o turismo de experiência será um fator determinante para fortalecer a atividade turística, já que nesse tipo de viagem o visitante tem a oportunidade de vivenciar as tradições da região com roteiros que aliam experiências históricas, culturais e gastronômicas com atividades específicas de cada região.

Para isso, ela lembrou que é preciso o engajamento de todo o trade acreano, composto por hotéis, restaurantes e demais órgãos envolvidos com turismo para receber os visitantes. Além também da adesão das comunidades locais para que os serviços ofertados aos turistas sejam integrados e de qualidade.

“Precisamos provocar uma mudança de comportamento e atitude. Fazer com que esse trade compreenda a necessidade da capacitação das pessoas que trabalham em bares, restaurantes, hotéis, transportes e etc, para receber bem o turista e divulgar bem a nossa região”, ressalta a presidente.

Conselho Estadual de Turismo se reúne para definir estratégias para o setor (Foto: Diego Gurgel/Secom)

O encontro para discutir as ações estratégicas ocorreu na Associação Comercial, Industrial de Serviço e Agrícola do Acre (Acisa). Representantes de classes como o Sebrae, Fecomércio e rede hoteleira estiveram presentes e se mostraram entusiasmados com o novo formato de trabalho do ramo.

Ana Lúcia Cunha, representante do Sindicato de Guia de Turismo do Acre, participou da reunião e ressaltou que o trabalho integrado do trade, do Estado e das comunidades, vai preparar a região para receber um número maior de visitantes. ” Essa parceria vai nos ajudar a desenvolver o turismo como geração de renda”, enfatiza.

Mais notícias